Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 11 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Rosi reavalia aliança com Dedé em Ribeirão


Vitória Rocha
Especial para o Diário

18/06/2016 | 07:00


Ex-secretária de Educação e Inclusão Social de Ribeirão Pires e pré-candidata ao Paço pelo PSDB, Rosi de Marco sinalizou rompimento com o também postulante à Prefeitura do PPS, Edinaldo de Menezes, o Dedé. A dupla ensaiava repetir dobrada da eleição de 2012 com chapa encabeçada pelo popular-socialista, mas a questão foi colocada em xeque porque Dedé ainda não conseguiu reverter rejeição aplicada pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) de suas contas de 2007, quando ele era presidente da Câmara.

Reforçando que a coligação formada até o momento é entre PSDB, PHS e PR, Rosi explicou que há conversas com o PPS, mas que aliança está sendo rediscutida. “Nós temos pesquisa de fevereiro que mostrava que eu e o Dedé estávamos empatados. Mas com o trabalho que eu venho fazendo nos últimos meses, nossa pesquisa de junho aponta mudança neste cenário. Nós não vamos para a eleição com uma pessoa que tenha questões jurídicas que impliquem (prejuízo em) uma candidatura”, disse.

A dupla já havia concorrido ao último pleito, quando Rosi estava no PV, mas Dedé teve sua candidatura indeferida pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que o enquadrou na Lei da Ficha Limpa por abuso de poder econômico.

Na mesma linha de Rosi, o presidente do PSDB local, Cezar de Carvalho, afirmou que a candidata da coligação é a ex-secretária. “O Dedé me pediu mais um tempo para resolver sua situação e nós estamos abertos ao diálogo, mas o que já havíamos discutido antes é que o candidato da coligação tem de ser alguém que esteja bem nas pesquisas e não tenha implicações jurídicas. Essa pessoa é a Rosi”, declarou Cezar, ressaltando que reuniões serão feitas nos próximos dias para bater martelo sobre o caso.

Questionado sobre o assunto, Dedé voltou atrás sobre dobrada com Rosi estar fechada. “O PPS vai fazer uma reunião com os pré-candidatos a vereador na próxima terça-feira e um dos temas que serão tratado vai ser esse: se o partido vai ter um pré-candidato próprio. Vamos ver se vai lançar o Banha (Edson Savietto, vereador) ou se vou ser eu. Não tem nada fechado com ninguém (nem com a Rosi), estamos conversando com todas as vertentes da cidade”. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rosi reavalia aliança com Dedé em Ribeirão

Vitória Rocha
Especial para o Diário

18/06/2016 | 07:00


Ex-secretária de Educação e Inclusão Social de Ribeirão Pires e pré-candidata ao Paço pelo PSDB, Rosi de Marco sinalizou rompimento com o também postulante à Prefeitura do PPS, Edinaldo de Menezes, o Dedé. A dupla ensaiava repetir dobrada da eleição de 2012 com chapa encabeçada pelo popular-socialista, mas a questão foi colocada em xeque porque Dedé ainda não conseguiu reverter rejeição aplicada pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) de suas contas de 2007, quando ele era presidente da Câmara.

Reforçando que a coligação formada até o momento é entre PSDB, PHS e PR, Rosi explicou que há conversas com o PPS, mas que aliança está sendo rediscutida. “Nós temos pesquisa de fevereiro que mostrava que eu e o Dedé estávamos empatados. Mas com o trabalho que eu venho fazendo nos últimos meses, nossa pesquisa de junho aponta mudança neste cenário. Nós não vamos para a eleição com uma pessoa que tenha questões jurídicas que impliquem (prejuízo em) uma candidatura”, disse.

A dupla já havia concorrido ao último pleito, quando Rosi estava no PV, mas Dedé teve sua candidatura indeferida pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que o enquadrou na Lei da Ficha Limpa por abuso de poder econômico.

Na mesma linha de Rosi, o presidente do PSDB local, Cezar de Carvalho, afirmou que a candidata da coligação é a ex-secretária. “O Dedé me pediu mais um tempo para resolver sua situação e nós estamos abertos ao diálogo, mas o que já havíamos discutido antes é que o candidato da coligação tem de ser alguém que esteja bem nas pesquisas e não tenha implicações jurídicas. Essa pessoa é a Rosi”, declarou Cezar, ressaltando que reuniões serão feitas nos próximos dias para bater martelo sobre o caso.

Questionado sobre o assunto, Dedé voltou atrás sobre dobrada com Rosi estar fechada. “O PPS vai fazer uma reunião com os pré-candidatos a vereador na próxima terça-feira e um dos temas que serão tratado vai ser esse: se o partido vai ter um pré-candidato próprio. Vamos ver se vai lançar o Banha (Edson Savietto, vereador) ou se vou ser eu. Não tem nada fechado com ninguém (nem com a Rosi), estamos conversando com todas as vertentes da cidade”. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;