Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Zapatero: América Latina representa oportunidade


Do Diário OnLine
Com Agência Brasil

25/01/2005 | 10:37


A América Latina representa uma oportunidade que não se pode deixar passar. A avaliação é do primeiro-ministro da Espanha, José Luiz Zapatero, com base na projeção de que a região deve crescer 4% neste ano. "Essa conjuntura facilitará o clima de negócios e ajudará à introdução de mais bens e serviços espanhóis na América Latina", disse.

O primeiro-ministro espanhol destacou que pretende incentivar a participação de empresas de seu país no comércio com a América Latina. "O governo está decidido a dedicar atenção crescente à exportação de nossos produtos e a defesa dos interesses das nossas empresas em mercados emergentes, facilitando a entrada de pequenas e médias empresas", informou.

Zapatero participa neste momento da Reunião de Conselheiros Econômicos e Comerciais da Ibero-América, com a presença de representantes de 16 países. No encontro está sendo analisado o desempenho dos grupos espanhóis na América Latina e a situação econômica da região. Os primeiros investimentos espanhóis no Brasil vieram com o processo de privatização, com destaque para as áreas de telecomunicações energia, bancos e seguros.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Zapatero: América Latina representa oportunidade

Do Diário OnLine
Com Agência Brasil

25/01/2005 | 10:37


A América Latina representa uma oportunidade que não se pode deixar passar. A avaliação é do primeiro-ministro da Espanha, José Luiz Zapatero, com base na projeção de que a região deve crescer 4% neste ano. "Essa conjuntura facilitará o clima de negócios e ajudará à introdução de mais bens e serviços espanhóis na América Latina", disse.

O primeiro-ministro espanhol destacou que pretende incentivar a participação de empresas de seu país no comércio com a América Latina. "O governo está decidido a dedicar atenção crescente à exportação de nossos produtos e a defesa dos interesses das nossas empresas em mercados emergentes, facilitando a entrada de pequenas e médias empresas", informou.

Zapatero participa neste momento da Reunião de Conselheiros Econômicos e Comerciais da Ibero-América, com a presença de representantes de 16 países. No encontro está sendo analisado o desempenho dos grupos espanhóis na América Latina e a situação econômica da região. Os primeiros investimentos espanhóis no Brasil vieram com o processo de privatização, com destaque para as áreas de telecomunicações energia, bancos e seguros.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;