Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Mãe diz que mestre-de-obras não é Carlinhos



13/02/2004 | 00:25


A dona de casa Maria Izabel de Souza, 53 anos, entrou em cena, muito abalada, para afirmar que o mestre-de-obras Carlos Alberto de Souza – suspeito de ser Carlinhos Ramires, que foi seqüestrado há 30 anos no Rio – é seu filho.

Para mostrar que fala a verdade, exibiu a certidão de nascimento emitida pelo Cartório do 2º subdistrito de Bauru, Vila Falcão, onde consta que Carlos Alberto foi registrado no dia 12 de outubro de 1965 e teria nascido às 12h do dia 23 de setembro do mesmo ano, na casa da Rua Nicola Constantino nº 179, na Vila Popular Ipiranga.

Maria Izabel informou que o filho estudou em duas escolas locais de 1973 a 1980. Carlinhos Ramires foi seqüestrado no dia 2 de agosto de 1973. Ela ainda contou que tinha 15 anos quando engravidou e continuou morando com os pais. Nascida a criança, continuou na casa por mais cinco anos, quando casou. O filho continuou sendo criado por seus pais, Silvio e Ana Terezinha Souza, que já morreram.

Maria Izabel revelou que o pai da criança é Lino Medeiros Filho, hoje com 63 anos, que foi para São Paulo na época da gravidez e em seguida teria voltado para registrar a criança, mas foi impedido por Ana Terezinha. Ele conheceu o filho 17 anos mais tarde. A mulher diz estar magoada com Carlos Alberto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;