Fechar
Publicidade

Domingo, 7 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Incêndio queima 2 mil hectares de parque em Goiás


Do Diário OnLine
Com Agências

20/08/2004 | 13:35


O Corpo de Bombeiros ainda não conseguiu controlar o incêndio no Parque Estadual da Serra Dourada, em Goiás. A parte mais atingida é a reserva ambiental, dentro do parque, que pertence à Universidade Federal de Goiás. Animais e plantas raras do cerrado foram destruídos. O Corpo de Bombeiros calculou que pelo menos 2,4 mil hectares de mata já foram destruídos pelo fogo.

Segundo informou o comandante da Operação, Marcelo Adriani, à Agência Brasil, a corporação está usando técnicas especiais para o combate ao fogo. “Nós utilizamos uma técnica que se chama "incêndio contra incêndio", quando se utiliza a própria força do fogo. É uma técnica que, quando as duas linhas de fogo se encontraram, elas somem e o incêndio é extinto", disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Incêndio queima 2 mil hectares de parque em Goiás

Do Diário OnLine
Com Agências

20/08/2004 | 13:35


O Corpo de Bombeiros ainda não conseguiu controlar o incêndio no Parque Estadual da Serra Dourada, em Goiás. A parte mais atingida é a reserva ambiental, dentro do parque, que pertence à Universidade Federal de Goiás. Animais e plantas raras do cerrado foram destruídos. O Corpo de Bombeiros calculou que pelo menos 2,4 mil hectares de mata já foram destruídos pelo fogo.

Segundo informou o comandante da Operação, Marcelo Adriani, à Agência Brasil, a corporação está usando técnicas especiais para o combate ao fogo. “Nós utilizamos uma técnica que se chama "incêndio contra incêndio", quando se utiliza a própria força do fogo. É uma técnica que, quando as duas linhas de fogo se encontraram, elas somem e o incêndio é extinto", disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;