Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Legislativo não consegue dar preferência ao Código de Ética

Nario Barbosa/DGABC:  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

15/08/2015 | 07:07


A Câmara de Santo André não colocou na lista de prioridades a votação do projeto de resolução que regulamenta o Código de Ética e Decoro Parlamentar. A proposta, que regulariza o texto dentro do regimento interno, necessita de 11 assinaturas para acelerar a apreciação em plenário e evitar seguir o trâmite normal de matérias pelas comissões. Se aventou a hipótese de apoio para estabelecer urgência de prazo. Na sessão de quinta-feira, no entanto, o total de adesões não foi recolhido a tempo. A propositura teve aval do Legislativo em 2011, só que até agora está inativa.

Um dos autores do projeto, o vereador Ailton Lima (SD) afirmou que é possível a inclusão na terça-feira, entretanto, que ainda aguarda suporte dos colegas de Casa. “Vou tentar correr gabinete por gabinete para obter as assinaturas, porque se não der, a proposta entrará na ordem cronológica comum”, alegou. O presidente da Câmara, bispo Ronaldo de Castro (PRB), justificou que na segunda-feira haverá reunião entre os parlamentares para discutir, entre outros assuntos, a votação do texto que impõe regras de conduta no Legislativo.

Há série de vereadores temerosos que a efetivação da proposta possa causar dor de cabeça aos próprios coautores. Em contrapartida, o teor do projeto já está aprovado. Resta somente aplicar o conteúdo nas normas da Casa – algo que foi esquecido na oportunidade anterior – e nomear os componentes da comissão.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Legislativo não consegue dar preferência ao Código de Ética

Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

15/08/2015 | 07:07


A Câmara de Santo André não colocou na lista de prioridades a votação do projeto de resolução que regulamenta o Código de Ética e Decoro Parlamentar. A proposta, que regulariza o texto dentro do regimento interno, necessita de 11 assinaturas para acelerar a apreciação em plenário e evitar seguir o trâmite normal de matérias pelas comissões. Se aventou a hipótese de apoio para estabelecer urgência de prazo. Na sessão de quinta-feira, no entanto, o total de adesões não foi recolhido a tempo. A propositura teve aval do Legislativo em 2011, só que até agora está inativa.

Um dos autores do projeto, o vereador Ailton Lima (SD) afirmou que é possível a inclusão na terça-feira, entretanto, que ainda aguarda suporte dos colegas de Casa. “Vou tentar correr gabinete por gabinete para obter as assinaturas, porque se não der, a proposta entrará na ordem cronológica comum”, alegou. O presidente da Câmara, bispo Ronaldo de Castro (PRB), justificou que na segunda-feira haverá reunião entre os parlamentares para discutir, entre outros assuntos, a votação do texto que impõe regras de conduta no Legislativo.

Há série de vereadores temerosos que a efetivação da proposta possa causar dor de cabeça aos próprios coautores. Em contrapartida, o teor do projeto já está aprovado. Resta somente aplicar o conteúdo nas normas da Casa – algo que foi esquecido na oportunidade anterior – e nomear os componentes da comissão.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;