Fechar
Publicidade

Domingo, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Volume emprestado para
companhias cresce 37%

Financiamentos feitos por pequenas e médias empresas
instaladas na região atingem R$ 30,2 milhões em 3 anos


Erica Martin
Do Diário do Grande ABC

10/05/2012 | 07:00


O montante financiado por pequenas e médias empresas instaladas no Grande ABC, por meio da Agência de Fomento Paulista, avançou para R$ 5,5 milhões nos quatro primeiros meses deste ano, o que significa aumento de 37,5%, em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados R$ 4 milhões em empréstimos.

Desde a abertura da agência, há três anos, companhias localizadas nos sete municípios já investiram R$ 30,2 milhões em seus negócios, ou seja, as firmas do Grande ABC são responsáveis por cerca de 5% dos R$ 600 milhões já emprestados pela Agência de Fomento Paulista em todo o Estado de São Paulo nos últimos três anos.

Do volume total distribuído na região, 89% foram destinados para pequenas e médias fábricas. "Aqui, há sinalização de que a indústria voltou a investir", comentou o superintendente de negócios da agência, Gilberto Fioravante. Em segundo lugar, está o setor de serviços, com 8%, e em seguida o comércio, com 3%.

De acordo com ele, a maior parte do montante financiado pelas companhias é destinada para a compra de equipamentos, que facilitam a modernização. "Assim, a empresa tem mais condições de aumentar a produtividade e gerar empregos."

Considerando os municípios, o ranking é liderado por São Bernardo (R$ 14,2 milhões), Diadema (R$ 4,9 milhões), Mauá (R$ 4 milhões), Santo André (R$ 3 milhões), São Caetano (R$ 2,5 milhões), Ribeirão Pires (R$ 1,4 milhão) e Rio Grande da Serra (R$ 166 mil).

SOLICITAÇÃO - A agência financia companhias com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 300 milhões. As taxas de juros oferecidas são a partir de 0,41% ao mês somada ao IPC (Índice de Preços ao Consumidor), e os prazos chegam a dez anos.

Os interessados podem fazer o pedido de empréstimo no próprio portal da instituição agenciadefomentopaulista.com.br ou na sede da agência, localizada na Rua da Consolação, 371, em São Paulo. O empresário também pode procurar a entidade de classe à qual pertence para ter o atendimento em órgãos como o Sebrae e Fiesp.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Volume emprestado para
companhias cresce 37%

Financiamentos feitos por pequenas e médias empresas
instaladas na região atingem R$ 30,2 milhões em 3 anos

Erica Martin
Do Diário do Grande ABC

10/05/2012 | 07:00


O montante financiado por pequenas e médias empresas instaladas no Grande ABC, por meio da Agência de Fomento Paulista, avançou para R$ 5,5 milhões nos quatro primeiros meses deste ano, o que significa aumento de 37,5%, em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados R$ 4 milhões em empréstimos.

Desde a abertura da agência, há três anos, companhias localizadas nos sete municípios já investiram R$ 30,2 milhões em seus negócios, ou seja, as firmas do Grande ABC são responsáveis por cerca de 5% dos R$ 600 milhões já emprestados pela Agência de Fomento Paulista em todo o Estado de São Paulo nos últimos três anos.

Do volume total distribuído na região, 89% foram destinados para pequenas e médias fábricas. "Aqui, há sinalização de que a indústria voltou a investir", comentou o superintendente de negócios da agência, Gilberto Fioravante. Em segundo lugar, está o setor de serviços, com 8%, e em seguida o comércio, com 3%.

De acordo com ele, a maior parte do montante financiado pelas companhias é destinada para a compra de equipamentos, que facilitam a modernização. "Assim, a empresa tem mais condições de aumentar a produtividade e gerar empregos."

Considerando os municípios, o ranking é liderado por São Bernardo (R$ 14,2 milhões), Diadema (R$ 4,9 milhões), Mauá (R$ 4 milhões), Santo André (R$ 3 milhões), São Caetano (R$ 2,5 milhões), Ribeirão Pires (R$ 1,4 milhão) e Rio Grande da Serra (R$ 166 mil).

SOLICITAÇÃO - A agência financia companhias com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 300 milhões. As taxas de juros oferecidas são a partir de 0,41% ao mês somada ao IPC (Índice de Preços ao Consumidor), e os prazos chegam a dez anos.

Os interessados podem fazer o pedido de empréstimo no próprio portal da instituição agenciadefomentopaulista.com.br ou na sede da agência, localizada na Rua da Consolação, 371, em São Paulo. O empresário também pode procurar a entidade de classe à qual pertence para ter o atendimento em órgãos como o Sebrae e Fiesp.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;