Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Prédio que pegou fogo em Madri corre risco de desabamento


Da AFP

15/02/2005 | 13:30


Um funcionário da prefeitura de Madri (Espanha) informou, nesta terça-feira, que persiste o risco de queda da Torre Windsor, um edifício de 30 andares e 106 metros de altura, devastada no fim de semana por um incêndio.

A administração da capital espanhola prepara um plano específico para permitir que os bombeiros entrem na quarta-feira no prédio, além de um plano de evacuação urgente caso o arranha-céu desmorone, um risco ainda não descartado.

"As câmaras térmicas mostram uma redução gradual da temperatura" no interior da torre, que chegou a cerca de mil graus no pior momento do incêndio, disse Pedro Calvo, funcionário da prefeitura.

Pedaços do prédio continuam caindo e ainda há pequenos focos de incêndio no 17º andar do prédio, acrescentou Calvo. Um cordão de segurança isola a área financeira de Madri, onde fica o edifício, um dos mais altos da capital.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Prédio que pegou fogo em Madri corre risco de desabamento

Da AFP

15/02/2005 | 13:30


Um funcionário da prefeitura de Madri (Espanha) informou, nesta terça-feira, que persiste o risco de queda da Torre Windsor, um edifício de 30 andares e 106 metros de altura, devastada no fim de semana por um incêndio.

A administração da capital espanhola prepara um plano específico para permitir que os bombeiros entrem na quarta-feira no prédio, além de um plano de evacuação urgente caso o arranha-céu desmorone, um risco ainda não descartado.

"As câmaras térmicas mostram uma redução gradual da temperatura" no interior da torre, que chegou a cerca de mil graus no pior momento do incêndio, disse Pedro Calvo, funcionário da prefeitura.

Pedaços do prédio continuam caindo e ainda há pequenos focos de incêndio no 17º andar do prédio, acrescentou Calvo. Um cordão de segurança isola a área financeira de Madri, onde fica o edifício, um dos mais altos da capital.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;