Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Agência vai realizar seminário sobre linhas de crédito


Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

22/05/2009 | 07:00


Preocupada com o impacto que a crise financeira internacional gera sobre os pequenos empresários da região, a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC vai realizar, na primeira quinzena de junho seminário sobre as linhas de crédito disponíveis aos empreendedores.

"Estarão presentes técnicos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para detectarmos os problemas de crédito na região, tanto para exportação como para o mercado interno", explicou Luiz Augusto de Almeida, coordenador de relações institucionais da Agência.

Um ponto a ser discutido é a criação de uma linha de crédito dos impostos, ressaltou Almeida. "O exportador tem de volta em 24 meses o valor gasto com IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Mas é muito tempo. Ao contrário da linha de antecipação do Imposto de Renda, sobre o qual não se tem a certeza de que haverá um valor a ser restituído, neste caso o empresário tem a certeza do recebimento do montante. Seria uma maneira de injetar capital de giro".

APOIO - Nesta semana, o ABCex (Fomento ao Comércio Exterior do Grande ABC) firmou convênio com a Câmara de Indústria e Comércio do Mercosul e Américas para apoiar negócios que já exportem ou que desejem exportar.

"Unindo a organização da Agência com empresas que tenham essa necessidade e o know-how da Câmara para trabalhar com importação e exportação, vamos dividi-las por setor de atuação, detectar suas maiores deficiências e criar ações efetivas de trabalho", explicou Fábio Torquato, diretor de relações internacionais da Câmara. De acordo com Torquato, a parceria consistirá também na participação de feiras no Exterior.

No início da semana que vem, as duas entidades devem se reunir para definir um cronograma de trabalho.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Agência vai realizar seminário sobre linhas de crédito

Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

22/05/2009 | 07:00


Preocupada com o impacto que a crise financeira internacional gera sobre os pequenos empresários da região, a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC vai realizar, na primeira quinzena de junho seminário sobre as linhas de crédito disponíveis aos empreendedores.

"Estarão presentes técnicos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para detectarmos os problemas de crédito na região, tanto para exportação como para o mercado interno", explicou Luiz Augusto de Almeida, coordenador de relações institucionais da Agência.

Um ponto a ser discutido é a criação de uma linha de crédito dos impostos, ressaltou Almeida. "O exportador tem de volta em 24 meses o valor gasto com IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Mas é muito tempo. Ao contrário da linha de antecipação do Imposto de Renda, sobre o qual não se tem a certeza de que haverá um valor a ser restituído, neste caso o empresário tem a certeza do recebimento do montante. Seria uma maneira de injetar capital de giro".

APOIO - Nesta semana, o ABCex (Fomento ao Comércio Exterior do Grande ABC) firmou convênio com a Câmara de Indústria e Comércio do Mercosul e Américas para apoiar negócios que já exportem ou que desejem exportar.

"Unindo a organização da Agência com empresas que tenham essa necessidade e o know-how da Câmara para trabalhar com importação e exportação, vamos dividi-las por setor de atuação, detectar suas maiores deficiências e criar ações efetivas de trabalho", explicou Fábio Torquato, diretor de relações internacionais da Câmara. De acordo com Torquato, a parceria consistirá também na participação de feiras no Exterior.

No início da semana que vem, as duas entidades devem se reunir para definir um cronograma de trabalho.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;