Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Agente do serviço secreto de Israel morre em atentado suicida


Da AFP

19/01/2005 | 07:59


Um agente do Shin Beth, o serviço de segurança interno de Israel, morreu no atentado suicida cometido pelo Hamas, na noite de terça-feira, perto de colônias israelenses da Faixa de Gaza. Este é o primeiro caso de agente do Shin Beth morto em operação desde o início da Intifada, em setembro de 2000.

Um oficial ficou gravemente ferido e outros sete militares e agentes do Shin Beth foram levemente feridos. O atentado aconteceu em uma sala de interrogatório instalada em um edifício perto de Gush Katif, grupo de colônias israelenses no sul da Faixa de Gaza. O suicida, que havia sido detido, acionou uma bomba que estava escondida em sua roupa.

O Hamas, principal movimento islâmico palestino, reivindicou a autoria do ataque em um comunicado, no qual divulgou a identidade do suicida: Omar Salmane Tabech, 21 anos, morador de Khan Yunes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Agente do serviço secreto de Israel morre em atentado suicida

Da AFP

19/01/2005 | 07:59


Um agente do Shin Beth, o serviço de segurança interno de Israel, morreu no atentado suicida cometido pelo Hamas, na noite de terça-feira, perto de colônias israelenses da Faixa de Gaza. Este é o primeiro caso de agente do Shin Beth morto em operação desde o início da Intifada, em setembro de 2000.

Um oficial ficou gravemente ferido e outros sete militares e agentes do Shin Beth foram levemente feridos. O atentado aconteceu em uma sala de interrogatório instalada em um edifício perto de Gush Katif, grupo de colônias israelenses no sul da Faixa de Gaza. O suicida, que havia sido detido, acionou uma bomba que estava escondida em sua roupa.

O Hamas, principal movimento islâmico palestino, reivindicou a autoria do ataque em um comunicado, no qual divulgou a identidade do suicida: Omar Salmane Tabech, 21 anos, morador de Khan Yunes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;