Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lula critica FHC e diz estar certo da vitória


Do Diário OnLine

23/03/2002 | 15:57


Em discurso realizado na cerimônia de homologação de sua candidatura à presidência pelo PT, Luis Inácio Lula da Silva criticou o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso e a sensação de ser visto como "o candidato natural do PT". Ao final, ele afirmou que tem a convicção da vitória.

"Em nenhum momento, nem em 1989 tive tanta convicção de que posso ganhar a eleição como em 2002", afirmou. Ele lembrou que tem duas datas de nascimento, coincidentemente o primeiro e o segundo turno das eleições, em 6 e 27 de outubro. "Espero ganhar muitos presentes na primeira data mas todos os presentes que não ganhar no dia 6 espero ganhar no dia 27", disse Lula.

Em seu discurso, Lula disse que não há nenhuma pré-candidatura melhor que a usa. "Não tem nenhum candidato melhor do que eu, nenhum é melhor qualificado para dirigir esse país do que eu, pode ter igual, melhor não", afirmou.

Entre às críticas direcionadas a FHC, estava o número de viagens feitas pelo presidente. "Em sete anos de mandato foram 341 dias de viagens, foi mais do que o Papa em 23 anos. Se ele cuidasse da barriga do povo como cuida de sua imagem já teríamos chegado ao primeiro mundo", disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Lula critica FHC e diz estar certo da vitória

Do Diário OnLine

23/03/2002 | 15:57


Em discurso realizado na cerimônia de homologação de sua candidatura à presidência pelo PT, Luis Inácio Lula da Silva criticou o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso e a sensação de ser visto como "o candidato natural do PT". Ao final, ele afirmou que tem a convicção da vitória.

"Em nenhum momento, nem em 1989 tive tanta convicção de que posso ganhar a eleição como em 2002", afirmou. Ele lembrou que tem duas datas de nascimento, coincidentemente o primeiro e o segundo turno das eleições, em 6 e 27 de outubro. "Espero ganhar muitos presentes na primeira data mas todos os presentes que não ganhar no dia 6 espero ganhar no dia 27", disse Lula.

Em seu discurso, Lula disse que não há nenhuma pré-candidatura melhor que a usa. "Não tem nenhum candidato melhor do que eu, nenhum é melhor qualificado para dirigir esse país do que eu, pode ter igual, melhor não", afirmou.

Entre às críticas direcionadas a FHC, estava o número de viagens feitas pelo presidente. "Em sete anos de mandato foram 341 dias de viagens, foi mais do que o Papa em 23 anos. Se ele cuidasse da barriga do povo como cuida de sua imagem já teríamos chegado ao primeiro mundo", disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;