Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Ápice das histórias bíblicas

Divulgação/Rede Record  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Novela da RecordTV, ‘Jesus’ estreia amanhã e promete adaptar grande parte da trajetória do filho de Deus


Daniela Pegoraro

23/07/2018 | 07:00


 Por meio de peças teatrais, minisséries e até filmes, a história bíblica de Jesus já foi representada de diversas maneiras. A partir de amanhã, ganha também uma novela na Record, que tem apostado em roteiros épicos, como em Os Dez Mandamentos e a mais recente O Apocalipse. Desta vez, a telenovela ganhou o nome de nada mais, nada menos do que Jesus. Com exibições às 20h45, a cena que abre o primeiro capítulo é a da crucificação. No entanto, a trama retorna ao passado para contar toda a história que levou Jesus à cruz, partindo desde o princípio com sua mãe, Maria.

Com personagens importantes do novo testamento bíblico, a produção traz em seu elenco Dudu Azevedo, interpretando o protagonista. Quem dá vida a uma das vilãs, Herodíade, é a atriz Vanessa Gerbelli, de São Bernardo. A participação na novela marca sua volta ao canal, visto que atuou em Novo Mundo, na Rede Globo, como a personagem Maria Amália. Uma das escolhas que mais chamam a atenção, no entanto, é a atriz Mayana Moura para o papel de Satanás. Ela, inclusive, divulgou há pouco uma mudança radical no visual para a interpretação: a cabeça raspada.

Mas a ação ousada não foi nenhum sacrifício para a artista. “A referência para o personagem foi o diabo do filme Paixão de Cristo, que também foi interpretado lindamente por uma atriz (Rosalinda Celentano). A ideia é mesmo ser andrógino e confundir o telespectador”, explica Mayana em entrevista para o Diário.

Animada por participar de uma produção sobre a história de Jesus, a atriz conta seu processo de preparação para encarnar na pele do diabo: “O cantor Marilyn Manson foi minha maior inspiração. Apesar de ele ter obra obscura, é extremamente elegante e refinado. Foi algo que quis trazer para o personagem”.

E há público que realmente se encanta pelas produções de temática bíblica. A professora Ronilda Ringelevicius, 47 anos, de Ribeirão Pires, é uma delas. “É o tipo de novela que mais gosto, justamente porque retrata passagens da Bíblia.” Compreende que nem tudo é levado ao pé da letra, mas isso não a incomoda. “Algumas coisas eles acrescentam, como romances. Mas diria que tem, sim, muito o que se aproveitar.”



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;