Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Ministério afirma que amostras de vírus foram destruídas no Brasil


Do Diário OnLine
Com Agências

13/04/2005 | 14:17


O Ministério da Saúde, por intermédio da SVS (Secretaria de Vigilância em Saúde), informou nesta quarta-feira que as amostras do vírus causador da epidemia de influenza de 1957 (H2N2), enviados a dois laboratórios brasileiros, foram destruídas na noite de terça-feira.

As amostras foram enviadas por engano pelo Colégio Americano de Patologistas a 3,7 mil laboratórios no mundo, integrando kits com dezenas de amostras de vários tipos de vírus, entre eles os laboratórios privados brasileiros Fleury e do Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

O Colégio Americano de Patologistas é uma entidade que realiza testes de proficiência de laboratórios no mundo todo, enviando amostras de microorganismos. Os laboratórios devem identificar os micróbios e enviar as respostas para o Colégio. As amostras do H2N2 foram incluídas por engano no kit de testes.

A OMS (Organização Mundial de Saúde) notificou o Ministério da Saúde na tarde de terça sobre o erro.  No mesmo dia os dois laboratórios foram informados pelo Ministério da determinação de destruir as amostras.

O Ministério da Saúde enviará para a OMS a confirmação da destruição das amostras na tarde desta quarta.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;