Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PT escolhe candidato à Câmara de Sto.André


Gislayne Jacinto
Do Diário do Grande ABC

06/12/2000 | 00:28


A bancada do PT de Santo André escolheu nesta terça à noite o vereador Carlinhos Augusto para ser o candidato a presidente da Câmara. As eleiçoes para a escolha da Mesa Diretora acontecerao no dia 1º de janeiro de 2001, data da posse dos vereadores eleitos e reeleitos.

O perfil de Carlinhos contribuiu para a sua escolha. Além de ter bom relacionamento com a administraçao do prefeito reeleito Celso Daniel (PT), ele é um vereador que nao tem problemas com os colegas de outros partidos. O perfil conciliador foi decisivo.

Carlinhos já passou próximo da presidência em 1998, quando foi derrotado por Israel Santana (PFL), que se aliou a outros 12 vereadores, inclusive da bancada de sustentaçao.

Carlinhos disse que para conquistar a vaga conversou muito com os vereadores. As articulaçoes se intensificaram principalmente no último final de semana. "Falei das minhas propostas e de minha forma de trabalhar respeitando a bancada e as decisoes coletivas dentro da presidência", disse.

Os outros quatro pré-candidatos - Ricardo Alvarez, Raulino Lima, Heleni de Paiva e Antonio Leite - decidiram abrir mao para que houvesse um consenso e a bancada nao saísse desgastada do processo de escolha. "Os pré-candidatos se reuniram e chegamos à conclusao que deveríamos abrir mao para o Carlinhos. A decisao foi de uma maneira consensual, com elegância e bom senso", disse Leite.

Ele, que também era um dos mais cotados à vaga, disse que se mantivesse a candidatura seria um complicador. "Entrei na disputa de forma madura e sem emoçao. Entrei com o objetivo de contribuir", afirmou Leite.

Alvarez acha que o governo de Celso Daniel interferiu no processo para a escolha de Carlinhos. "Acho que houve uma recomposiçao momentânea dos grupos no partido", disse o petista, referindo-se ao grupo de Celso e o do deputado federal Luiz Carlos da Silva, o professor Luizinho, dentro do PT. Carlinhos é ligado ao deputado.

Carlinhos nega que o governo tenha interferido na decisao, mas disse que o prefeito concorda com a sua candidatura.

Como o PT elegeu nove vereadores nestas eleiçoes, o partido necessita apenas de mais dois vereadores para conseguir eleger o presidente, o que nao deverá ser difícil já que o prefeito conseguiu eleger 14 vereadores em sua coligaçao, destes, somente José Dilson (PDT) também se diz candidato.

O PT pretende agora iniciar as conversaçoes com outros partidos para definir os demais cargos da Mesa Diretora, além da composiçao das comissoes permanentes da Casa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PT escolhe candidato à Câmara de Sto.André

Gislayne Jacinto
Do Diário do Grande ABC

06/12/2000 | 00:28


A bancada do PT de Santo André escolheu nesta terça à noite o vereador Carlinhos Augusto para ser o candidato a presidente da Câmara. As eleiçoes para a escolha da Mesa Diretora acontecerao no dia 1º de janeiro de 2001, data da posse dos vereadores eleitos e reeleitos.

O perfil de Carlinhos contribuiu para a sua escolha. Além de ter bom relacionamento com a administraçao do prefeito reeleito Celso Daniel (PT), ele é um vereador que nao tem problemas com os colegas de outros partidos. O perfil conciliador foi decisivo.

Carlinhos já passou próximo da presidência em 1998, quando foi derrotado por Israel Santana (PFL), que se aliou a outros 12 vereadores, inclusive da bancada de sustentaçao.

Carlinhos disse que para conquistar a vaga conversou muito com os vereadores. As articulaçoes se intensificaram principalmente no último final de semana. "Falei das minhas propostas e de minha forma de trabalhar respeitando a bancada e as decisoes coletivas dentro da presidência", disse.

Os outros quatro pré-candidatos - Ricardo Alvarez, Raulino Lima, Heleni de Paiva e Antonio Leite - decidiram abrir mao para que houvesse um consenso e a bancada nao saísse desgastada do processo de escolha. "Os pré-candidatos se reuniram e chegamos à conclusao que deveríamos abrir mao para o Carlinhos. A decisao foi de uma maneira consensual, com elegância e bom senso", disse Leite.

Ele, que também era um dos mais cotados à vaga, disse que se mantivesse a candidatura seria um complicador. "Entrei na disputa de forma madura e sem emoçao. Entrei com o objetivo de contribuir", afirmou Leite.

Alvarez acha que o governo de Celso Daniel interferiu no processo para a escolha de Carlinhos. "Acho que houve uma recomposiçao momentânea dos grupos no partido", disse o petista, referindo-se ao grupo de Celso e o do deputado federal Luiz Carlos da Silva, o professor Luizinho, dentro do PT. Carlinhos é ligado ao deputado.

Carlinhos nega que o governo tenha interferido na decisao, mas disse que o prefeito concorda com a sua candidatura.

Como o PT elegeu nove vereadores nestas eleiçoes, o partido necessita apenas de mais dois vereadores para conseguir eleger o presidente, o que nao deverá ser difícil já que o prefeito conseguiu eleger 14 vereadores em sua coligaçao, destes, somente José Dilson (PDT) também se diz candidato.

O PT pretende agora iniciar as conversaçoes com outros partidos para definir os demais cargos da Mesa Diretora, além da composiçao das comissoes permanentes da Casa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;