Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 11 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Brindeiro pedirá abertura de inquérito sobre corrupção em Sto. André


Do Diário OnLine

26/06/2002 | 10:53


O procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, deve pedir, até a próxima semana, ao Supremo Tribunal Federal (STF) que abra inquérito para apurar o suposto envolvimento do presidente nacional do PT, o deputado José Dirceu (SP), em um esquema de cobrança de propina na Prefeitura de Santo André.

Na terça-feira, Brindeiro recebeu das mãos do procurador de Justiça de São Paulo, Luiz Antônio Marrey, uma cópia do inquérito que trata da cobrança de propinas das empresas prestam serviços para a prefeitura petista. De acordo com o médico e irmão do ex-prefeito Celso Daniel, João Francisco Daniel, o dinheiro arrecado seria entregue para Dirceu e seria usado para campanhas do PT.

Brindeiro e Marrey admitiram que o juiz que autorizou a Polícia Federal (PF) a fazer escuta telefônica na Prefeitura de Santo André errou. A denúncia sobre o grampo foi feita pelo PT depois que a existência do suposto esquema de corrupção veio à tona. Os telefones foram grampeados com o pretexto de investigar a morte do então prefeito Celso Daniel. O prefeito foi seqüestrado e morto em janeiro deste ano.

Na opinião dos procuradores, antes de uma decisão como essa, o juiz deveria ter ouvido o Ministério Público. Marrey pedirá cópias das transcrições da escuta ao juiz para decidir que providências vai tomar, se pede anulação da escuta como prova ou não. Como o MP não foi consultado, a quebra do sigilo poderá ser anulada.

A escuta foi autorizada pelo juiz-corregedor do Departamento de Inquéritos Policiais (Dipo), Maurício Lemos Porto Alves, a pedido da Polícia Federal, em inquérito sobre tráfico de drogas, segundo acusação feita pelo PT.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Brindeiro pedirá abertura de inquérito sobre corrupção em Sto. André

Do Diário OnLine

26/06/2002 | 10:53


O procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, deve pedir, até a próxima semana, ao Supremo Tribunal Federal (STF) que abra inquérito para apurar o suposto envolvimento do presidente nacional do PT, o deputado José Dirceu (SP), em um esquema de cobrança de propina na Prefeitura de Santo André.

Na terça-feira, Brindeiro recebeu das mãos do procurador de Justiça de São Paulo, Luiz Antônio Marrey, uma cópia do inquérito que trata da cobrança de propinas das empresas prestam serviços para a prefeitura petista. De acordo com o médico e irmão do ex-prefeito Celso Daniel, João Francisco Daniel, o dinheiro arrecado seria entregue para Dirceu e seria usado para campanhas do PT.

Brindeiro e Marrey admitiram que o juiz que autorizou a Polícia Federal (PF) a fazer escuta telefônica na Prefeitura de Santo André errou. A denúncia sobre o grampo foi feita pelo PT depois que a existência do suposto esquema de corrupção veio à tona. Os telefones foram grampeados com o pretexto de investigar a morte do então prefeito Celso Daniel. O prefeito foi seqüestrado e morto em janeiro deste ano.

Na opinião dos procuradores, antes de uma decisão como essa, o juiz deveria ter ouvido o Ministério Público. Marrey pedirá cópias das transcrições da escuta ao juiz para decidir que providências vai tomar, se pede anulação da escuta como prova ou não. Como o MP não foi consultado, a quebra do sigilo poderá ser anulada.

A escuta foi autorizada pelo juiz-corregedor do Departamento de Inquéritos Policiais (Dipo), Maurício Lemos Porto Alves, a pedido da Polícia Federal, em inquérito sobre tráfico de drogas, segundo acusação feita pelo PT.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;