Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Cruzeiro vence o América-RN e Coelho elimina Ferroviário-CE nos pênaltis



15/04/2021 | 00:14


Dois clubes mineiros passaram, nesta noite, à terceira fase da Copa do Brasil. O Cruzeiro eliminou o América-RN, em Natal, ao vencer por 1 a 0. Na Arena Independência, o América-MG eliminou o Ferroviário-CE nos pênaltis, por 3 a 2, depois de empate no tempo normal por 1 a 1. Cada classificado garantiu uma premiação de R$ 1,7 milhão.

Na Arena das Dunas, o Cruzeiro não jogou bem, mas conseguiu a vitória com um gol de Matheus Barbosa aos 37 minutos do segundo tempo. Foi a única jogada trabalhada do time mineiro durante todo o jogo. Após troca de passes e triangulação pelo lado esquerdo, Felipe Augusto cruzou em direção à pequena área e Matheus Barbosa bateu de chapa no canto do goleiro Samuel Pires.

O primeiro tempo foi bastante fraco, principalmente por parte do Cruzeiro que decepcionou. O time mineiro mostrou muita lentidão na troca de passes, o que afetou a evolução da defesa para o ataque. O Cruzeiro parecia um time recém-formado, sem qualquer entrosamento.

Sentindo a falta de ação do adversário, o América passou a recuperar a bola para tentar o ataque na base da velocidade. Finalizou duas vezes com perigo em direção ao goleiro Fábio.

Os times voltaram sem mudanças para o segundo tempo, o que abria a perspectiva de um segundo tempo amarrado. Só aos 23 minutos é que aconteceram as duas primeiras alterações no Cruzeiro, com as entradas no Cruzeiro de William Pottker e Rômulo para as saídas, respectivamente, de Airton e Marcinho.

O América demorou para fazer suas trocas para renovar a força. O Cruzeiro, no único lance de lucidez, fez seu gol e carimbou a classificação. Mas com um futebol limitado e que não inspira confiança.

AMÉRICA NOS PÊNALTIS - Mais cedo, na Arena Independência, o América-MG levou um susto ao sofrer o empate no final do jogo com o Ferroviário-CE. Após o empate por 1 a 1, no tempo normal, na disputa dos pênaltis, o time mineiro levou a melhor: 3 a 2.

O resultado gerou muita reclamação por parte do Ferroviário. Na primeira cobrança, Adilson Bahia acertou o travessão e a bola entrou, ultrapassando a linha de gol e depois subindo para fora. Foi gol segundo as imagens mostradas pelo SporTV. No entanto, a arbitragem não viu assim e deu como pênalti perdido, o que fez muita falta no resultado final.

Vale lembrar que o jogo não contou com VAR. O árbitro foi o paulista Vinícius Gonçalves Dias Araújo, mas a falha maior coube ao auxiliar Miguel Cataneo Ribeiro da Costa que estava na linha de gol e tinha a responsabilidade de acompanhar o lance.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-RN 0 X 1 CRUZEIRO

AMÉRICA-RN - Samuel Pires; Éverton Silva, Ian Carlo, Alisson Brand e Peri; Juninho (Beto), Felipe Guedes, Elvinho (Geovani) e Romarinho; Caxito (Luan) e Wallace Pernambucano. Técnico: Evaristo Piza.

CRUZEIRO - Fábio; Raúl Cáceres, Ramon, Weverton e Matheus Pereira; Adriano (Matheus Neres), Matheus Barbosa (Jadson) e Marcinho (Rômulo); Bruno José (Felipe Augusto), Rafael Sóbis e Airton (William Pottker). Técnico: Felipe Conceição.

GOL - Matheus Barbosa aos 37 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Jefferson Ferreira De Moraes (GO).

CARTÕES AMARELOS - Geovani (América-RN). Adriano e Rafael Sóbis (Cruzeiro)

LOCAL - Arena das Dunas, em Natal (RN).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;