Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Tognato vende área em S.Bernardo


Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

16/02/2006 | 07:54


Um dos maiores negócios imobiliários do Grande ABC finalmente foi concluído: os 200 mil m² que abrigaram a Fiação e Tecelagem Tognato na área central de São Bernardo foi adquirido por três empresas no começo deste mês. As incorporadoras Cyrela e Agra e a construtora Setin tornaram-se sócias-proprietárias do cobiçado terreno localizado atrás do Shopping Metrópole, que será destinado a um grande condomínio de edifícios residenciais de alto padrão, com um complexo comercial anexo.

Os novos proprietários se limitaram a confirmar a realização do negócio, mas não informaram o valor da transação – no contrato de venda constaria uma cláusula que exige a confidencialidade em relação ao preço. Mas imobiliárias da região estimam que a área custou entre R$ 60 milhões e R$ 80 milhões, sem contar a dívida que a Tognato tinha com prefeitura, cerca de R$ 30 milhões referentes a taxas de IPTU (Imposto sobre Propriedade Territorial Urbana) atrasadas.

Dos 200 mil m² do terreno, 100 mil m² serão ocupados pelo condomínio residencial e pela parte comercial. A outra metade da área não teve o destino revelado pelas três empresas. Alguns projetos estão em estudo, mas as perspectivas são promissoras, devido à localização privilegiada do espaço, próximo à região central da cidade e ao Shopping Metrópole. “Encomendamos pesquisa para conhecer os hábitos de consumo da região”, disse o diretor comercial da Setin, Guilherme França.

A idéia, segundo ele, é fazer um condomínio com muita área verde, lazer e espaços de convivência, que compõem um conceito chamado landscape. França cita dois projetos da construtora em São Paulo que utilizam esses princípios e que podem servir como modelos para a futura construção: o La Dolce Vita, na Moóca, na zona leste, e o Iepê Golf Condominium, em Santo Amaro, na zona sul. “Queremos transportar esse conceito”, disse França.

O plano dos empreendedores é realizar o lançamento do condomínio até o final do ano. A Setin é a responsável no Grande ABC pela construção dos hotéis Ibis e Mercure em Santo André, também em parceria com a incorporadora Cyrela, e pelo prédio residencial de alto padrão Unique, em São Caetano.

As negociações já haviam sido confirmadas pelos gestores da tecelagem, que, no final do ano passado informaram que as conversas para a venda estavam adiantadas, sem, no entanto, revelar os interessados. Procurados nos últimos dois dias pelo Diário, os herdeiros da Tognato e diretores da indústria não quiseram se manifestar sobre o negócio.

A secretária de Desenvolvimento Econômico de São Bernardo, Maria Alice Bergamo, foi procurada para comentar dos débitos de IPTU da área, mas também preferiu não se pronunciar.

Arresto – Parte do imóvel da tecelagem – 18 mil m² voltados para a avenida Pereira Barreto – estava desde julho do ano passado arrestada (indisponível para a venda pela Justiça como garantia de pagamento de dívidas trabalhistas).

A empresa devia cerca de R$ 1,3 milhão em salários e férias atrasados e FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) não depositados a 76 empregados. No início deste ano, houve um acordo para a troca do imóvel da Tognato arrestado, que passou a ser uma mansão da família Tognato na avenida Dom Pedro II, em Santo André, alugado atualmente para a rede de laboratórios Fleury. O terreno em São Bernardo continua como garantia, mas está livre do arresto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;