Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 3 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Empreiteiras chinesas sofrem com vendas fracas



30/10/2014 | 03:12


Mais da metade das 80 empreiteiras chinesas que publicaram seus balanços do terceiro trimestre do ano registraram prejuízos ou lucros menores. O fraco desempenho é resultado de uma redução nas vendas de moradias no três meses encerrados em setembro. Descontos oferecidos pelas imobiliárias, em vez de estimularem o mercado, só pioraram a situação, diminuindo os lucros das companhias.

Segundo a agência de classificação de risco Moody's, as empreiteiras esperam um novo fôlego no quatro trimestre, uma vez que as vendas de moradias começam a cair de forma mais moderada, como consequência de políticas de estímulo ao setor, como regras mais frouxas para tomada de empréstimos habitacionais.

De acordo com o vice-presidente da Moody's na China, Kaven Tsang, as vendas de moradias devem encerrar o ano de 2014 com um recuo entre 5% e 10% em relação a 2013, um pouco melhor do que o declínio recorde verificado nos primeiros nove meses do ano ante igual período do ano passado, de 10,8%. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Empreiteiras chinesas sofrem com vendas fracas


30/10/2014 | 03:12


Mais da metade das 80 empreiteiras chinesas que publicaram seus balanços do terceiro trimestre do ano registraram prejuízos ou lucros menores. O fraco desempenho é resultado de uma redução nas vendas de moradias no três meses encerrados em setembro. Descontos oferecidos pelas imobiliárias, em vez de estimularem o mercado, só pioraram a situação, diminuindo os lucros das companhias.

Segundo a agência de classificação de risco Moody's, as empreiteiras esperam um novo fôlego no quatro trimestre, uma vez que as vendas de moradias começam a cair de forma mais moderada, como consequência de políticas de estímulo ao setor, como regras mais frouxas para tomada de empréstimos habitacionais.

De acordo com o vice-presidente da Moody's na China, Kaven Tsang, as vendas de moradias devem encerrar o ano de 2014 com um recuo entre 5% e 10% em relação a 2013, um pouco melhor do que o declínio recorde verificado nos primeiros nove meses do ano ante igual período do ano passado, de 10,8%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;