Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 25 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PSB discute lançar chapa a prefeito em 2012


Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

12/04/2011 | 07:11


O PSB de São Bernardo estuda lançar candidato ao Paço no ano que vem. As conversas ainda estão em fase inicial, mas, de certo, o debate revela que a divisão interna hoje existente deve ser diluída.

Atualmente, dos cinco vereadores do partido, três estão na oposição - Ary de Oliveira, Antônio Cabrera e Sérgio Demarchi - e dois estão no grupo de centro - Pastor Ivanildo de Santana e Vandir Mognon.

Mas o pensamento é único: há possibilidade de ter chapa própria a prefeito em 2012, para voltar a ser uma sigla de grande porte na cidade, como foi quando era liderada pelos ex-prefeitos Maurício Soares e William Dib.

Pode ser balão de ensaio, simples ameaça para colocar tempero na pré-disputa. Porém, hoje, o discurso não é esse. "É importante os cinco parlamentares estarem juntos. Tenho falado com o Márcio França (presidente estadual da legenda e secretário do Turismo de São Paulo) e esse é realmente nosso pensamento", afirmou Pastor Ivanildo.

 "Não existe lobby. Somos a segunda maior bancada na Câmara de São Bernardo (só perde para a do PT, com seis vereadores) e a segunda maior do Estado (só perde para o Legislativo de São Vicente, com sete parlamentares socialistas)", ressaltou Ary de Oliveira, que também pretende discutir com Márcio França não só a candidatura, mas também a divisão do PSB na Casa.

 "Sempre defendi essa ideia (de candidatura própria). O PSB tem de se apresentar como opção, como sempre foi feito. É uma predisposição em todo o Estado", frisou Cabrera, ao salientar que internamente não há racha. "Estamos divididos, mas unidos", tentou explicar.

Sobre a possibilidade de ser ao menos vice em uma chapa majoritária, Pastor Ivanildo observou que dependerá da conjuntura e dos rumos da reforma política que está sendo debatida no Congresso. "Vamos ver quantas chapa serão, quem serão os nomes, quais serão as regras. Depende de algumas coisas ainda. Estamos bem alinhados com o PPS e o PSDB tem o deputado federal William Dib, que é uma grande liderança. Temos de aguardar as movimentações", conclui o vereador.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;