Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Porto de Santos passa por ampliação de R$ 5,2 bilhões



27/09/2009 | 07:17


O maior porto da América Latina quer apagar a imagem caótica de seu dia a dia e eliminar o risco de colapso nos próximos anos. Para isso, foi dada a largada a um ambicioso plano de expansão, de R$ 5,2 bilhões, que já começa a mudar a paisagem do Complexo Portuário de Santos, responsável por 27% do comércio Exterior brasileiro. Mais de 70% dos investimentos serão bancados pela iniciativa privada e o restante, pelo Estado, que terá a missão de melhorar os acessos, marítimo e terrestre, ao porto.

A ampliação tem base num plano de demanda que vem sendo desenhado pelo Banco Mundial. O estudo, previsto para ser concluído ainda este ano, prevê crescimento de até 158% no movimento no porto entre 2009 e 2024, de 88,96 milhões para 229,73 milhões de toneladas. "Decidimos olhar o porto daqui a 20 anos para nos programarmos melhor e evitar transtornos com a retomada da economia", diz José Roberto Correia Serra, presidente da Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo), que administra o complexo portuário.

No cargo desde agosto do ano passado, ele planeja dar uma nova cara ao porto santista, nos moldes do mercado internacional. A intenção é fazer um zoneamento de áreas, criando polos por tipo de carga, de grãos, contêineres ou granéis líquidos, além do transporte de passageiros. A estratégia será aproveitar os contratos de arrendamento que vencerão nos próximos anos para fazer a modelagem.

De acordo com os dados do Banco Mundial, o Porto de Santos precisará de 16 novos berços especializados para atender à demanda até 2024. Nove deles terão de ser construídos até 2014. Para isso, o governo federal conta com pesados investimentos de grupos privados, nacionais e estrangeiros.

Nos últimos meses, a orla do porto se transformou num enorme canteiro de obras, com a construção da Avenida Perimetral e obras privadas. Entre as ampliações de terminais, a mais avançada é a do Tecondi, voltado para a movimentação de contêineres na margem direita, em Santos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;