Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 27 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Ministro pede intervençao em cartório do Pará


Do Diário do Grande ABC

11/04/1999 | 16:36


O ministro de Política Fundiária, Raul Jungmann, pediu à Corregedoria Geral do Tribunal de Justiça do Pará uma investigaçao no cartório no registro de imóveis de Altamira, na regiao oeste do estado. O cartório é suspeito de fornecer documentos de propriedades de terras a várias empresas acusadas pela Procuradoria Geral da República de grilagem de áreas da Uniao e reservas indígenas.

A empresa catarinense Teka Tecelagem é a principal acusada de fraude contra o Instituto Nacional de Colonizaçao e Reforma Agrária (Incra). Segundo denúncias, seus proprietários tentaram vender ao orgao 71 mil hectares por R$ 90 milhoes. As escrituras das terras foram emitidas pelo cartório de Altamira.

Antes de Jungmann pedir intervençao, o Ministério Público Federal, já havia feito isso há três meses. Na época, quem ocupava a corregedoria era o desembargador Humberto de Castro, mas este nao tomou nenhuma providência.

Hoje, a corregedora é a desembargadora Maria de Nazareth Brabo de Souza, que deverá analisar o pedido do ministro e do Ministério Público. O procurador Felício Pontes Junior terá esta segunda-feira (12) pela manha uma reuniao com Nazareth Brabo, para tentar mostrar a ela o envolvimento do cartório na fraude.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;