Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Pesquisa comprova relação de pobreza e violência


Do Diário OnLine

13/02/2002 | 14:07


Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira pela Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade da Prefeita de São Paulo comprovou o relacionamento da pobreza com a violência. Citando como exemplo os bairros da zona Norte da capital, a pesquisa revelou que o nível de pobreza da região subiu 157% e o número de crimes, 1300%.

O levantamento também mostrou o relacionamento da pobreza com a falta de escolaridade. Nos bairros onde o nível de escolaridade é baixa, a pobreza aumentou 40,2%. Nos bairros onde o nível de escolaridade é maior, a probreza diminuiu 5,2%.

O número de chefes de família que vivem na pobreza absoluta cresceu 20% nos últimos nove anos, segundo a pesquisa que cruzou dados do IBGE e da Prefeitura.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pesquisa comprova relação de pobreza e violência

Do Diário OnLine

13/02/2002 | 14:07


Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira pela Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade da Prefeita de São Paulo comprovou o relacionamento da pobreza com a violência. Citando como exemplo os bairros da zona Norte da capital, a pesquisa revelou que o nível de pobreza da região subiu 157% e o número de crimes, 1300%.

O levantamento também mostrou o relacionamento da pobreza com a falta de escolaridade. Nos bairros onde o nível de escolaridade é baixa, a pobreza aumentou 40,2%. Nos bairros onde o nível de escolaridade é maior, a probreza diminuiu 5,2%.

O número de chefes de família que vivem na pobreza absoluta cresceu 20% nos últimos nove anos, segundo a pesquisa que cruzou dados do IBGE e da Prefeitura.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;