Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Denúncia leva a comércio ilegal de araras e papagaios


Luciano Cavenagui
Do Diário do Grande ABC

23/10/2005 | 07:35


Dez araras e dez papagaios filhotes foram encontrados na madrugada de sábado em situação irregular em uma casa no bairro Ferrazópolis, em São Bernardo. As aves estavam amontoadas em caixas plásticas e seriam vendidas sem autorização do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis).

A dona da residência, a ajudante Franciele Faustino Dantas, 25 anos, foi indiciada por crime ambiental pela Polícia Militar Ambiental de São Bernardo. À 0h de sábado, os policiais receberam denúncia anônima informando sobre a situação dos animais. De acordo com a polícia, Franciele confessou que vendia as aves para obter sustento familiar. Ela vai responder processo e pode pegar pena de um ano de prisão. Os papagaios custam R$ 200 e as araras R$ 600 no mercado clandestino. Legalmente, eles são vendidos por R$ 1,5 mil e R$ 2 mi.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Denúncia leva a comércio ilegal de araras e papagaios

Luciano Cavenagui
Do Diário do Grande ABC

23/10/2005 | 07:35


Dez araras e dez papagaios filhotes foram encontrados na madrugada de sábado em situação irregular em uma casa no bairro Ferrazópolis, em São Bernardo. As aves estavam amontoadas em caixas plásticas e seriam vendidas sem autorização do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis).

A dona da residência, a ajudante Franciele Faustino Dantas, 25 anos, foi indiciada por crime ambiental pela Polícia Militar Ambiental de São Bernardo. À 0h de sábado, os policiais receberam denúncia anônima informando sobre a situação dos animais. De acordo com a polícia, Franciele confessou que vendia as aves para obter sustento familiar. Ela vai responder processo e pode pegar pena de um ano de prisão. Os papagaios custam R$ 200 e as araras R$ 600 no mercado clandestino. Legalmente, eles são vendidos por R$ 1,5 mil e R$ 2 mi.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;