Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Ajuda à Ucrânia é apenas para reduzir déficit, diz FMI



09/05/2014 | 01:26


O empréstimo de US$ 17 bilhões aprovado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) para a Ucrânia na semana passada é estritamente para estabilizar as finanças públicas e reduzir o déficit, afirmou Gerry Rice, diretor de comunicações do FMI em coletiva de imprensa na tarde de ontem.

Questionado se os fundos encorajariam ou apoiariam ações militares pelo governo da Ucrânia, Rice disse que essa interpretação seria errada. Se o governo ucraniano perder o controle das contas públicas, por causa da tensão política com a Rússia, o programa teria que ser "calibrado", disse. Fonte: Market News International.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ajuda à Ucrânia é apenas para reduzir déficit, diz FMI


09/05/2014 | 01:26


O empréstimo de US$ 17 bilhões aprovado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) para a Ucrânia na semana passada é estritamente para estabilizar as finanças públicas e reduzir o déficit, afirmou Gerry Rice, diretor de comunicações do FMI em coletiva de imprensa na tarde de ontem.

Questionado se os fundos encorajariam ou apoiariam ações militares pelo governo da Ucrânia, Rice disse que essa interpretação seria errada. Se o governo ucraniano perder o controle das contas públicas, por causa da tensão política com a Rússia, o programa teria que ser "calibrado", disse. Fonte: Market News International.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;