Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Explosões deixam pelo menos 55 mortos em Nova Délhi


Do Diário OnLine
Com AFP

29/10/2005 | 17:29


Cerca de 55 pessoas morreram e pelo menos 152 ficaram feridas neste sábado em uma série de explosões em vários mercados de Nova Délhi, na Índia. A polícia indiana informou que prendeu dez pessoas para interrogá-las sobre os ataques.

As explosões ocorreram nos mercados do distrito de Paharganj, na capital indiana, muito visitados pelos turistas, na área comercial de Sarojini Nagar, na zona residencial e comercial de Gole Market e num ônibus de passageiros na zona industrial de Okhla. Os artefatos explodiram em breve intervalo de tempo em locais bastante movimentados, onde milhares de habitantes faziam compras para a festa hinduísta das luzes, Diwali, na terça.

Segundo o premiê indiano, Manmohan Singh, estes atos foram planejadas por "elementos terroristas". "Os alvos dessas explosões eram cidadãos inocentes. As tentativas de semear o caos e perturbar a paz não serão toleradas. O governo está determinado a acabar com os elementos terroristas".

A polícia decretou estado de alerta máximo em Nova Délhi, e outros mercados da capital indiana receberam ordem de fechar suas portas. "Recebemos um total de quatro ligações telefônicas alertando sobre explosões, mas uma delas era um trote", declarou o porta-voz do serviço dos bombeiros de Nova Délhi, Satya Prakash.

As explosões acontecem pouco mais de duas semanas depois de a embaixada dos Estados Unidos em Nova Délhi ter alertado contra uma "possível ameaça" de atentados contra interesses americanos na capital indiana e em diversas outras cidades do país.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Explosões deixam pelo menos 55 mortos em Nova Délhi

Do Diário OnLine
Com AFP

29/10/2005 | 17:29


Cerca de 55 pessoas morreram e pelo menos 152 ficaram feridas neste sábado em uma série de explosões em vários mercados de Nova Délhi, na Índia. A polícia indiana informou que prendeu dez pessoas para interrogá-las sobre os ataques.

As explosões ocorreram nos mercados do distrito de Paharganj, na capital indiana, muito visitados pelos turistas, na área comercial de Sarojini Nagar, na zona residencial e comercial de Gole Market e num ônibus de passageiros na zona industrial de Okhla. Os artefatos explodiram em breve intervalo de tempo em locais bastante movimentados, onde milhares de habitantes faziam compras para a festa hinduísta das luzes, Diwali, na terça.

Segundo o premiê indiano, Manmohan Singh, estes atos foram planejadas por "elementos terroristas". "Os alvos dessas explosões eram cidadãos inocentes. As tentativas de semear o caos e perturbar a paz não serão toleradas. O governo está determinado a acabar com os elementos terroristas".

A polícia decretou estado de alerta máximo em Nova Délhi, e outros mercados da capital indiana receberam ordem de fechar suas portas. "Recebemos um total de quatro ligações telefônicas alertando sobre explosões, mas uma delas era um trote", declarou o porta-voz do serviço dos bombeiros de Nova Délhi, Satya Prakash.

As explosões acontecem pouco mais de duas semanas depois de a embaixada dos Estados Unidos em Nova Délhi ter alertado contra uma "possível ameaça" de atentados contra interesses americanos na capital indiana e em diversas outras cidades do país.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;