Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 14 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

190 famílias sao retiradas de apartamentos do CDHU


Do Diário do Grande ABC

31/05/2000 | 00:16


Cerca de 190 famílias desocuparam nesta terça-feira, por ordem da Justiça, o conjunto habitacional Sao Miguel Paulista, da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), em Sao Miguel, zona Leste de Sao Paulo. Os apartamentos foram invadidos em fevereiro de 1999. A reintegraçao de posse foi determinada pela 10ª Vara da Fazenda Pública. Nao houve resistência.

Cento e trinta policiais, da Tropa de Choque e do 25º Batalhao da Polícia Militar (BPM), participaram da desocupaçao. Durante toda esta terça, 60 caminhoes da CDHU ajudavam na mudança. Muitas pessoas disseram terem sido vítimas de um golpe - invasores, agindo de má-fé, teriam vendido apartamentos ou alugado quartos do conjunto.

"Paguei R$ 2,5 mil pelo apartamento", afirmou o aposentado Antônio Mota de Oliveira, de 78 anos. Ele contou que, em setembro, recebeu a "proposta" de um antigo morador. Oliveira mostrou declaraçoes feitas após a compra, mas que legalmente nada valem.

Segundo o advogado da CDHU, Vitor Custódio Tavares, existem 1.440 unidades habitacionais no conjunto. Desse total, 562 haviam sido invadidas. A desocupaçao dos imóveis está sendo feita desde março. "Nao há nenhuma possibilidade desses invasores ficarem nos apartamentos", afirmou Tavares.

Quadrilha - A presidente da associaçao de moradores do conjunto, Maria do Pantanal, disse que pretende entrar com recurso para impedir a reintegraçao. Algumas famílias acusaram o irmao de Maria, Antônio Cardoso, de ser um dos integrantes da quadrilha que vendeu apartamentos do conjunto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

190 famílias sao retiradas de apartamentos do CDHU

Do Diário do Grande ABC

31/05/2000 | 00:16


Cerca de 190 famílias desocuparam nesta terça-feira, por ordem da Justiça, o conjunto habitacional Sao Miguel Paulista, da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), em Sao Miguel, zona Leste de Sao Paulo. Os apartamentos foram invadidos em fevereiro de 1999. A reintegraçao de posse foi determinada pela 10ª Vara da Fazenda Pública. Nao houve resistência.

Cento e trinta policiais, da Tropa de Choque e do 25º Batalhao da Polícia Militar (BPM), participaram da desocupaçao. Durante toda esta terça, 60 caminhoes da CDHU ajudavam na mudança. Muitas pessoas disseram terem sido vítimas de um golpe - invasores, agindo de má-fé, teriam vendido apartamentos ou alugado quartos do conjunto.

"Paguei R$ 2,5 mil pelo apartamento", afirmou o aposentado Antônio Mota de Oliveira, de 78 anos. Ele contou que, em setembro, recebeu a "proposta" de um antigo morador. Oliveira mostrou declaraçoes feitas após a compra, mas que legalmente nada valem.

Segundo o advogado da CDHU, Vitor Custódio Tavares, existem 1.440 unidades habitacionais no conjunto. Desse total, 562 haviam sido invadidas. A desocupaçao dos imóveis está sendo feita desde março. "Nao há nenhuma possibilidade desses invasores ficarem nos apartamentos", afirmou Tavares.

Quadrilha - A presidente da associaçao de moradores do conjunto, Maria do Pantanal, disse que pretende entrar com recurso para impedir a reintegraçao. Algumas famílias acusaram o irmao de Maria, Antônio Cardoso, de ser um dos integrantes da quadrilha que vendeu apartamentos do conjunto.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;