Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sorteio da Libertadores deixa Santo André ansioso


Anderson Rodrigues
Do Diário do Grande ABC

28/11/2004 | 14:13


A Libertadores da América ganha vida para o Santo André a partir desta semana, na quinta-feira, quando a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) realiza o sorteio dos grupos da competição, marcada para o início de fevereiro de 2005. Será a estréia do Ramalhão em torneios internacionais.

O presidente e o vice do clube, Jairo Livolis e Celso Luiz de Almeida, já garantiram presença no evento. A expectativa é boa para o campeão da Copa do Brasil. "Tomara que a sorte esteja do nosso lado e o nosso caminho seja mais tranqüilo", opina Celso.

O Santo André vai receber US$ 100 mil (cerca de R$ 273 mil) por mando de jogo na primeira fase. Assim, serão três partidas no estádio Bruno Daniel e US$ 300 mil para os cofres do clube. "Essa quantia serve, na verdade, para cobrir as despesas dos jogos fora do país, como passagens aéreas, hotéis, taxas de arbitragem, entre outras. A partir da segunda fase, o time consegue lucrar", afirma Celso.

Além do Santo André, outras 15 equipes, das 38 que iniciam a Libertadores, já estão garantidas. São elas: Banfield, Boca Juniors, Quilmes, River Plate e San Lorenzo (Argentina); Bolívar (Bolívia); Independiente Medellín e Once Caldas (Colômbia); Cerro Porteño (Paraguai); Alianza Lima (Peru); Danubio (Uruguai); Caracas, Deportivo Táchira e Mineros (Venezuela) e Pachuca (México).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sorteio da Libertadores deixa Santo André ansioso

Anderson Rodrigues
Do Diário do Grande ABC

28/11/2004 | 14:13


A Libertadores da América ganha vida para o Santo André a partir desta semana, na quinta-feira, quando a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) realiza o sorteio dos grupos da competição, marcada para o início de fevereiro de 2005. Será a estréia do Ramalhão em torneios internacionais.

O presidente e o vice do clube, Jairo Livolis e Celso Luiz de Almeida, já garantiram presença no evento. A expectativa é boa para o campeão da Copa do Brasil. "Tomara que a sorte esteja do nosso lado e o nosso caminho seja mais tranqüilo", opina Celso.

O Santo André vai receber US$ 100 mil (cerca de R$ 273 mil) por mando de jogo na primeira fase. Assim, serão três partidas no estádio Bruno Daniel e US$ 300 mil para os cofres do clube. "Essa quantia serve, na verdade, para cobrir as despesas dos jogos fora do país, como passagens aéreas, hotéis, taxas de arbitragem, entre outras. A partir da segunda fase, o time consegue lucrar", afirma Celso.

Além do Santo André, outras 15 equipes, das 38 que iniciam a Libertadores, já estão garantidas. São elas: Banfield, Boca Juniors, Quilmes, River Plate e San Lorenzo (Argentina); Bolívar (Bolívia); Independiente Medellín e Once Caldas (Colômbia); Cerro Porteño (Paraguai); Alianza Lima (Peru); Danubio (Uruguai); Caracas, Deportivo Táchira e Mineros (Venezuela) e Pachuca (México).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;