Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 6 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Estado acolhe 14 propostas para construção do Piscinão Jaboticabal

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Consórcio oferece melhor preço, mas critérios técnicos ainda passarão por análise


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

21/12/2019 | 07:00


O governo do Estado recebeu ontem propostas financeiras para construção do Piscinão Jaboticabal, que será instalado na tríplice divisa entre São Bernardo, São Caetano e Capital. Quatorze empresas formalizaram oferta para o contrato e o Consórcio Daee (Departamento de Águas e Energia Elétrica) 004, formado por Compec Galasso, Construtora Metropolitana e Geossondas foi selecionada.

Não significa que o consórcio ficará com o contrato. Isso porque outras etapas dentro do processo de licitação precisam ser percorridas. A documentação fornecida pelas empresas será analisada por corpo técnico do Daee e da Secretaria do Estado da Infraestrutura e Meio Ambiente. Essa avaliação deve terminar na sexta-feira.

Depois entra a fase de propostas técnicas, que está marcada para acontecer em janeiro. Somente após esse estágio é que a contratação se encaminha para fase de habilitação e assinatura.

O governo estadual, chefiado por João Doria (PSDB), não forneceu valores propostos pelo Consórcio Daee 004, mas o Diário apurou que a quantia superou a casa dos R$ 100 milhões. Todo projeto do piscinão deve demandar R$ 315 milhões, uma vez que serão necessárias desapropriações de áreas. O edital apontava para R$ 189,1 milhões apenas para a parte física da obra, enquanto as desapropriações chegavam a R$ 115 milhões.

“A promessa de construção do maior piscinão do Estado, com capacidade para absorver 950 mil metros cúbicos de água da chuva, foi retomada pelo governador João Doria no início deste ano. Desde o anúncio, a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, por meio do Daee, já revisou o projeto, publicou a DUP (Declaração de Utilidade Pública, sobre as áreas), garantiu o financiamento na Assembleia Legislativa e publicou o edital de licitação”, informou o Palácio dos Bandeirantes, por meio de nota.

A retomada do Piscinão Jaboticabal, idealizado há pelo menos uma década, foi feita depois das fortes chuvas de março, quando dez pessoas morreram e centenas foram atingidas. Houve mobilização dos prefeitos da região, via Consórcio Intermunicipal, e da bancada de deputados estaduais da região. O deputado estadual Thiago Auricchio (PL) protocolou emenda ao orçamento para assegurar viabilidade do projeto. A líder do PSDB na casa, Carla Morando, também tem acompanhado os passos da licitação, pela função que exerce no Legislativo.

O governo do Estado acredita ser possível dar início às obras em janeiro, envolvendo 2.000 trabalhadores. O reservatório será instalado na região dos ribeirões dos Couros e dos Meninos, próximos à Via Anchieta. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Estado acolhe 14 propostas para construção do Piscinão Jaboticabal

Consórcio oferece melhor preço, mas critérios técnicos ainda passarão por análise

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

21/12/2019 | 07:00


O governo do Estado recebeu ontem propostas financeiras para construção do Piscinão Jaboticabal, que será instalado na tríplice divisa entre São Bernardo, São Caetano e Capital. Quatorze empresas formalizaram oferta para o contrato e o Consórcio Daee (Departamento de Águas e Energia Elétrica) 004, formado por Compec Galasso, Construtora Metropolitana e Geossondas foi selecionada.

Não significa que o consórcio ficará com o contrato. Isso porque outras etapas dentro do processo de licitação precisam ser percorridas. A documentação fornecida pelas empresas será analisada por corpo técnico do Daee e da Secretaria do Estado da Infraestrutura e Meio Ambiente. Essa avaliação deve terminar na sexta-feira.

Depois entra a fase de propostas técnicas, que está marcada para acontecer em janeiro. Somente após esse estágio é que a contratação se encaminha para fase de habilitação e assinatura.

O governo estadual, chefiado por João Doria (PSDB), não forneceu valores propostos pelo Consórcio Daee 004, mas o Diário apurou que a quantia superou a casa dos R$ 100 milhões. Todo projeto do piscinão deve demandar R$ 315 milhões, uma vez que serão necessárias desapropriações de áreas. O edital apontava para R$ 189,1 milhões apenas para a parte física da obra, enquanto as desapropriações chegavam a R$ 115 milhões.

“A promessa de construção do maior piscinão do Estado, com capacidade para absorver 950 mil metros cúbicos de água da chuva, foi retomada pelo governador João Doria no início deste ano. Desde o anúncio, a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, por meio do Daee, já revisou o projeto, publicou a DUP (Declaração de Utilidade Pública, sobre as áreas), garantiu o financiamento na Assembleia Legislativa e publicou o edital de licitação”, informou o Palácio dos Bandeirantes, por meio de nota.

A retomada do Piscinão Jaboticabal, idealizado há pelo menos uma década, foi feita depois das fortes chuvas de março, quando dez pessoas morreram e centenas foram atingidas. Houve mobilização dos prefeitos da região, via Consórcio Intermunicipal, e da bancada de deputados estaduais da região. O deputado estadual Thiago Auricchio (PL) protocolou emenda ao orçamento para assegurar viabilidade do projeto. A líder do PSDB na casa, Carla Morando, também tem acompanhado os passos da licitação, pela função que exerce no Legislativo.

O governo do Estado acredita ser possível dar início às obras em janeiro, envolvendo 2.000 trabalhadores. O reservatório será instalado na região dos ribeirões dos Couros e dos Meninos, próximos à Via Anchieta. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;