Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Missão a Brasília gera resultados acanhados


Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

15/02/2009 | 07:04


Dois dos quatro chefes de Executivo do Grande ABC que compareceram ao Encontro Nacional de Prefeitos, em Brasília, na semana passada, conseguiram resultados - ainda que acanhados - durante a missão.

Na terça e quarta-feira a cidade do Planalto Central recebeu 3.500 prefeitos, num evento considerado o principal ato de integração de 2009 entre os poderes executivos das esferas municipal e federal.

Os petistas Oswaldo Dias, de Mauá, e Mário Reali, de Diadema, adiantaram pautas com ministros e outros integrantes do governo federal para atraírem futuras benfeitorias para suas cidades.

Oswaldo firmou um protocolo de intenções com o ministro do Trabalho, Carlos Luppi, para municipalização do Sistema Público de Emprego, Trabalho e Renda. O objetivo é instalar na cidade um centro multifuncional de mediação entre as vagas abertas em empresas e os desempregados. A intenção também é disponibilizar no espaço serviços agregados de emissão de carteira de trabalho e gestão do seguro desemprego.

Reali, por sua vez, encaminhou pedidos de financiamento junto ao Fundo Nacional de Habitação e Interesse Social, para construção de moradias populares do município. Também adiantou diálogo com a Casa Civil, gerenciadora do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), visando estabelecer parceria na área de drenagem para a Vila Conceição.

José Auricchio Júnior (PTB), de São Caetano, aproveitou a reunião para "ouvir" as propostas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) contra a crise financeira internacional. O petebista teve ainda uma audiência rápida com diretores da General Motors do Brasil, os quais expuseram "dados animadores" sobre o desempenho da indústria automobilística no início deste ano.

O prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi (PV), classificou a viagem à Capital Federal como "negativa e tumultuada". "Esperava o anúncio de mais projetos para os municípios. Além disso, a organização estava precária, o que gerou desconforto muito grande."

O chefe do Executivo de Rio Grande da Serra, Adler Kiko Teixeira (PSDB), por meio da assessoria, ressaltou que não era o momento adequado para buscar convênios com a União e que serão programadas visitas a Brasília para reuniões individualizadas.

Os comandantes dos dois maiores municípios da região, Luiz Marinho (PT), de São Bernardo, e Aidan Ravin (PTB), de Santo André, enviaram representantes à Capital, mas não divulgaram o balanço da atividade.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Missão a Brasília gera resultados acanhados

Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

15/02/2009 | 07:04


Dois dos quatro chefes de Executivo do Grande ABC que compareceram ao Encontro Nacional de Prefeitos, em Brasília, na semana passada, conseguiram resultados - ainda que acanhados - durante a missão.

Na terça e quarta-feira a cidade do Planalto Central recebeu 3.500 prefeitos, num evento considerado o principal ato de integração de 2009 entre os poderes executivos das esferas municipal e federal.

Os petistas Oswaldo Dias, de Mauá, e Mário Reali, de Diadema, adiantaram pautas com ministros e outros integrantes do governo federal para atraírem futuras benfeitorias para suas cidades.

Oswaldo firmou um protocolo de intenções com o ministro do Trabalho, Carlos Luppi, para municipalização do Sistema Público de Emprego, Trabalho e Renda. O objetivo é instalar na cidade um centro multifuncional de mediação entre as vagas abertas em empresas e os desempregados. A intenção também é disponibilizar no espaço serviços agregados de emissão de carteira de trabalho e gestão do seguro desemprego.

Reali, por sua vez, encaminhou pedidos de financiamento junto ao Fundo Nacional de Habitação e Interesse Social, para construção de moradias populares do município. Também adiantou diálogo com a Casa Civil, gerenciadora do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), visando estabelecer parceria na área de drenagem para a Vila Conceição.

José Auricchio Júnior (PTB), de São Caetano, aproveitou a reunião para "ouvir" as propostas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) contra a crise financeira internacional. O petebista teve ainda uma audiência rápida com diretores da General Motors do Brasil, os quais expuseram "dados animadores" sobre o desempenho da indústria automobilística no início deste ano.

O prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi (PV), classificou a viagem à Capital Federal como "negativa e tumultuada". "Esperava o anúncio de mais projetos para os municípios. Além disso, a organização estava precária, o que gerou desconforto muito grande."

O chefe do Executivo de Rio Grande da Serra, Adler Kiko Teixeira (PSDB), por meio da assessoria, ressaltou que não era o momento adequado para buscar convênios com a União e que serão programadas visitas a Brasília para reuniões individualizadas.

Os comandantes dos dois maiores municípios da região, Luiz Marinho (PT), de São Bernardo, e Aidan Ravin (PTB), de Santo André, enviaram representantes à Capital, mas não divulgaram o balanço da atividade.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;