Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Japão pode intervir no câmbio em casos extremos



28/11/2013 | 06:49


O ministro de Finanças do Japão, Taro Aso, afirmou que a taxa de câmbio é determinada pelos movimentos de mercado, mas que em momentos extremos não terá escolha a não ser intervir. O ministro falou em declarações à agência Kyodo. Apesar disso, Aso reforçou que a manipulação de mercado é problemática e que o Japão deve adotar basicamente uma postura prudente.

O dólar já acumula uma valorização de 18% sobre o iene neste ano e de quase 4% em novembro. Ontem no fim da tarde o dólar renovou a cotação mais alta em seis meses, a 102,29 ienes por dólar. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Japão pode intervir no câmbio em casos extremos


28/11/2013 | 06:49


O ministro de Finanças do Japão, Taro Aso, afirmou que a taxa de câmbio é determinada pelos movimentos de mercado, mas que em momentos extremos não terá escolha a não ser intervir. O ministro falou em declarações à agência Kyodo. Apesar disso, Aso reforçou que a manipulação de mercado é problemática e que o Japão deve adotar basicamente uma postura prudente.

O dólar já acumula uma valorização de 18% sobre o iene neste ano e de quase 4% em novembro. Ontem no fim da tarde o dólar renovou a cotação mais alta em seis meses, a 102,29 ienes por dólar. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;