Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Ribeirão Pires recebe R$ 21 milhões da União


Cynthia Tavares
Especial para o Diário

01/11/2011 | 07:01


A Prefeitura de Ribeirão Pires recebeu cerca de R$ 21 milhões em investimentos do governo federal de janeiro a agosto deste ano. O balanço foi divulgado pela Câmara, qu recebeu as planilhas de investimentos.

O Executivo municipal angariou 16,6 milhões de transferências constitucionais, sendo que R$ 15 milhões vieram do Fundo de Participação dos Municípios. Esses recursos são não vinculados, ou seja, podem ser aplicados conforme a necessidade de cada cidade.

A área mais contemplada com os recurso foi Educação. A União enviou R$ 3,3 milhões à cidade, incluindo recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (R$ 1,7 milhão).

De acordo com Rosi de Marco, titular da Pasta de Educação e Inclusão Social, até o momento grande parte do recurso foi destinada para o pagamento de funcionários do magistério. A lei determina que 60% do aporte proveniente do Fundeb seja empenhado neste pagamento. "Estamos seguindo à risca a determinação constitucional. O dinheiro chega e vai direto para a folha de pagamento", declarou Rosi.

Segundo dados da Pasta, cerca de 1.500 funcionários trabalham na Educação municipal, entre professores, diretores e apoiadores educacionais. "Nossa folha extrapola o valor e precisamos complementar com recursos do Tesouro", disse. Até setembro, o setor educacional de Ribeirão Pires consumiu no total R$ 25 milhões, aplicações feitas por repasses e por geraçãode receita própria.

Os outros 40% da verba oriunda do governo federal são aplicados na manutenção de escolas e compra de material escolar. "É basicamente para desenvolvimento da Educação na cidade", salientou a secretária.

A Saúde também foi contemplada no pacote de recursos da União. Foi R$ 1,3 milhão para programas do ministério como da saúde bucal e Farmácia Popular. Os repasses foram feitos primeiramente ao Estado e depois foram encaminhados ao município. Ribeirão já recebeu verba federal para equipar seu Centro Hospitalar, que será inaugurado no ano que vem.

OUTRAS ÁREAS
O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome enviou a Ribeirão Pires R$ 39 mil e o Fundo Nacional de Assistência Social desembolsou R$ 352,8 mil para a cidade. O Ministério das Cidades mandou aos cofres municipais cerca de R$ 134 mil.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ribeirão Pires recebe R$ 21 milhões da União

Cynthia Tavares
Especial para o Diário

01/11/2011 | 07:01


A Prefeitura de Ribeirão Pires recebeu cerca de R$ 21 milhões em investimentos do governo federal de janeiro a agosto deste ano. O balanço foi divulgado pela Câmara, qu recebeu as planilhas de investimentos.

O Executivo municipal angariou 16,6 milhões de transferências constitucionais, sendo que R$ 15 milhões vieram do Fundo de Participação dos Municípios. Esses recursos são não vinculados, ou seja, podem ser aplicados conforme a necessidade de cada cidade.

A área mais contemplada com os recurso foi Educação. A União enviou R$ 3,3 milhões à cidade, incluindo recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (R$ 1,7 milhão).

De acordo com Rosi de Marco, titular da Pasta de Educação e Inclusão Social, até o momento grande parte do recurso foi destinada para o pagamento de funcionários do magistério. A lei determina que 60% do aporte proveniente do Fundeb seja empenhado neste pagamento. "Estamos seguindo à risca a determinação constitucional. O dinheiro chega e vai direto para a folha de pagamento", declarou Rosi.

Segundo dados da Pasta, cerca de 1.500 funcionários trabalham na Educação municipal, entre professores, diretores e apoiadores educacionais. "Nossa folha extrapola o valor e precisamos complementar com recursos do Tesouro", disse. Até setembro, o setor educacional de Ribeirão Pires consumiu no total R$ 25 milhões, aplicações feitas por repasses e por geraçãode receita própria.

Os outros 40% da verba oriunda do governo federal são aplicados na manutenção de escolas e compra de material escolar. "É basicamente para desenvolvimento da Educação na cidade", salientou a secretária.

A Saúde também foi contemplada no pacote de recursos da União. Foi R$ 1,3 milhão para programas do ministério como da saúde bucal e Farmácia Popular. Os repasses foram feitos primeiramente ao Estado e depois foram encaminhados ao município. Ribeirão já recebeu verba federal para equipar seu Centro Hospitalar, que será inaugurado no ano que vem.

OUTRAS ÁREAS
O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome enviou a Ribeirão Pires R$ 39 mil e o Fundo Nacional de Assistência Social desembolsou R$ 352,8 mil para a cidade. O Ministério das Cidades mandou aos cofres municipais cerca de R$ 134 mil.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;