Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lauro rebate acusações de Campos Machado e cita projeto solo da vice


Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC

29/01/2015 | 07:00


Homem de confiança do governo do prefeito Lauro Michels (PV), em Diadema, Marcos Michels (PV) foi porta-voz do chefe do Executivo em rebater as críticas do presidente do PTB paulista, o deputado estadual Campos Machado, que em reportagem publicada pelo Diário na quarta-feira revelou que, mesmo ocupando a vaga de vice (representada por Silvana Guarnieri), o partido está fora da administração e que simultaneamente e que migrou para o bloco de oposição a Lauro.

Responsável pelos comandos das secretarias de Educação e Governo, Marcos garante que “em nenhum momento” Silvana “foi isolada” no governo e que vai tentar rever posicionamento de Campos. “Nossa gestão está de portas abertas para o PTB. Tenho certeza que um bom diálogo pode recolocar as coisas no lugar”. disse.

O verde, porém, admite que a escolha da petebista em sustentar candidatura de deputada federal estremeceu a relação no Paço. “Fundamentamos por pesquisa apoios ao Márcio (da Farmácia, do PV, candidato a deputado federal) e a Regina (Gonçalves, PV, que tentou a Assembleia) e liberamos adesões para o Orlando (Morando, do PSDB, reeleito na esfera estadual) e ao Alex (Manente, PPS, eleito à Câmara Federal). A Silvana não aparecia nas sondagens”, justificou.

Por fim, Marcos alfinetou o líder petebista, garantindo que faltou apoio de sua parte a cidade. “Ele disse que Diadema é importante, mas não enviou sequer uma emenda para cá”.

Ao Diário, Campos disparou contra Lauro. “Não faz sentido o que o prefeito está fazendo ao PTB e à vice. Tentando desmoralizá-la a todo momento. Humilhação tem limites”.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;