Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

UE assina amanhã contrato com Moderna para 160 milhões de doses de vacina



24/11/2020 | 14:13


A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciou nesta terça-feira, 24, que o bloco europeu assinará amanhã, 25, um contrato com a Moderna para o fornecimento de até 160 milhões de doses da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica americana. Em um pronunciamento, a líder disse que a vacinação é crucial para a saída da crise.

O imunizante para o coronavírus produzido pela Moderna apresentou 94,5% de eficácia em resultados iniciais da fase 3 dos testes clínicos. No começo do mês, a UE já havia fechado um acordo com as farmacêuticas Pfizer e BioNTech para o fornecimento de 200 milhões de doses da vacina experimental desenvolvida em conjunto pelas companhias, que se mostrou 95% eficaz em resultados finais.

Hoje, von der Leyen também disse que o bloco europeu quer garantir que países de renda baixa e média tenham acesso às vacinas contra a covid-19. Ela citou a iniciativa Covax, liderada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que reúne recursos para a compra dos imunizantes. No começo do mês, a UE elevou sua contribuição à Covax para 500 milhões de euros.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

UE assina amanhã contrato com Moderna para 160 milhões de doses de vacina


24/11/2020 | 14:13


A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciou nesta terça-feira, 24, que o bloco europeu assinará amanhã, 25, um contrato com a Moderna para o fornecimento de até 160 milhões de doses da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica americana. Em um pronunciamento, a líder disse que a vacinação é crucial para a saída da crise.

O imunizante para o coronavírus produzido pela Moderna apresentou 94,5% de eficácia em resultados iniciais da fase 3 dos testes clínicos. No começo do mês, a UE já havia fechado um acordo com as farmacêuticas Pfizer e BioNTech para o fornecimento de 200 milhões de doses da vacina experimental desenvolvida em conjunto pelas companhias, que se mostrou 95% eficaz em resultados finais.

Hoje, von der Leyen também disse que o bloco europeu quer garantir que países de renda baixa e média tenham acesso às vacinas contra a covid-19. Ela citou a iniciativa Covax, liderada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que reúne recursos para a compra dos imunizantes. No começo do mês, a UE elevou sua contribuição à Covax para 500 milhões de euros.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;