Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 29 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Identificado homem que expulsou filho de Caetano Veloso


Do Diário OnLine

19/02/2004 | 00:24


A polícia identificou nesta quarta-feira o homem que expulsou Luciano Ferreira da Silva, 18 anos, filho de criação do cantor Caetano Veloso, de um shopping do Rio de Janeiro. Leonardo Medeiros trabalha no batalhão de Rocha Miranda da Polícia Militar (PM).

Na ocasião, Medeiros estava trabalhando como segurança particular do filho do autor de novelas Manoel Carlos. O advogado do PM, Marcos Espínola, declarou que seu cliente não descriminou o estudante. "Ele só perguntou o que ele estava fazendo no shopping. Não houve qualquer tipo de discriminação racial ou um comportamento diferenciado com o rapaz", disse.

O advogado explicou ainda que o filho de criação de Caetano Veloso estava em atitude suspeita, mexendo em uma carteira. Ele teria sido, então, acompanhado para fora do shopping.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Identificado homem que expulsou filho de Caetano Veloso

Do Diário OnLine

19/02/2004 | 00:24


A polícia identificou nesta quarta-feira o homem que expulsou Luciano Ferreira da Silva, 18 anos, filho de criação do cantor Caetano Veloso, de um shopping do Rio de Janeiro. Leonardo Medeiros trabalha no batalhão de Rocha Miranda da Polícia Militar (PM).

Na ocasião, Medeiros estava trabalhando como segurança particular do filho do autor de novelas Manoel Carlos. O advogado do PM, Marcos Espínola, declarou que seu cliente não descriminou o estudante. "Ele só perguntou o que ele estava fazendo no shopping. Não houve qualquer tipo de discriminação racial ou um comportamento diferenciado com o rapaz", disse.

O advogado explicou ainda que o filho de criação de Caetano Veloso estava em atitude suspeita, mexendo em uma carteira. Ele teria sido, então, acompanhado para fora do shopping.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;