Fechar
Publicidade

Domingo, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Empresas inovam para divulgar negócios

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

17/09/2012 | 06:21


O empreendedor brasileiro carrega fama de de ser criativo. E, de fato, ele é. Com o intuito de desenvolver alternativas para divulgar negócios de maneira inusitada, empresas apostam em publicidade em caixas de pizza e saco de pão. A primeira opção é velha conhecida de construtoras e incorporadoras, que utilizam a embalagem da redonda para divulgar lançamentos. De uns anos para cá, porém, esse ‘veículo' tem chamado a atenção de shoppings, bancos, empresas de telefonia, laboratórios médicos e universidades, entre outros.

"O anunciante escolhe onde serão distribuídas as caixas. Geralmente entregamos em pizzarias que estejam situadas a até cinco quilômetros do endereço do contratante, ou do empreendimento, no caso de construtoras", conta Sid Porto, sócia da Disk Mídia. Lá, o pedido mínimo é composto por 5.000 embalagens, o que custa entre R$ 13 mil e R$ 15 mil. As pizzarias não pagam nada a mais por isso.

As opções de embalagens também são variadas, pois podem conter serrilhas para serem destacadas e dar direito a brindes ou vir com imãs de geladeira. "O retorno é extremamente forte. Fizemos pesquisa com quem recebe essas embalagens e descobrimos que 65% comprariam o produto ou utilizariam o serviço", conta. Ainda segundo esse levantamento, dos que recebem a caixa com cupom, 56% a destacam e, 72%, alegam lembrar do anúncio. "Houve um caso em que a construtora repetiu a ação porque identificou que 20% das pessoas que chegaram ao plantão de vendas foram por meio da embalagem."

Embora seja mais comum na Capital, em Diadema existe ação recente envolvendo a rede de academias Smart Fit. Outras distribuições já foram feitas na região.

SACO DE PÃO - Aproveitando a tendência de preservação do meio ambiente, a Pão Natureza resolveu apostar na publicidade em sacos de pão. O anúncio vem estampado dos dois lados do saquinho e em uma das laterais aparecem informações sobre sustentabilidade e na outra dados sobre o anunciante. "Embora essa ação seja muito recente no Brasil, o feed back tem sido muito bom", relata o proprietário Paulo Bassul.

O público-alvo, neste caso, são as padarias. No Grande ABC, até o momento, houve um estabelecimento contemplado, em Mauá. A panificadora recebeu saquinhos com o anúncio da Del Valle.

O investimento de R$ 12 mil dá direito a 30 mil sacos de pão e a publicidade pode ser compartilhada. Neste caso, cada módulo vale R$ 350. "Queremos atrair também negócios pequenos, de bairro, como salão de cabeleireiro."

Bassul quer disseminar a ideia por meio de franquias, a partir de R$ 11 mil, sem a necessidade de escritório, com faturamento estimado em R$ 13 mil e margem de lucro de 30% - para a Pão Natureza, que desenvolve a publicidade e produz os sacos, são destinados R$ 300 a cada pedido.

Na avaliação de Eugênio Foganholo, diretor geral da Mixxer, consultoria em hábitos do consumo, embalagens recicláveis ou biodegradáveis sempre terão melhor retorno do cliente. "Alem disso, as pessoas dão mais recall para coisas inovadoras." Para ele, essas são formas suaves de publicidade, que não incomodam o consumidor e geram lembrança. "É muito mais invasivo, por exemplo, quem joga mala direta debaixo da porta da nossa casa. E muitas vezes o papel vai direto para o lixo."

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Empresas inovam para divulgar negócios

Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

17/09/2012 | 06:21


O empreendedor brasileiro carrega fama de de ser criativo. E, de fato, ele é. Com o intuito de desenvolver alternativas para divulgar negócios de maneira inusitada, empresas apostam em publicidade em caixas de pizza e saco de pão. A primeira opção é velha conhecida de construtoras e incorporadoras, que utilizam a embalagem da redonda para divulgar lançamentos. De uns anos para cá, porém, esse ‘veículo' tem chamado a atenção de shoppings, bancos, empresas de telefonia, laboratórios médicos e universidades, entre outros.

"O anunciante escolhe onde serão distribuídas as caixas. Geralmente entregamos em pizzarias que estejam situadas a até cinco quilômetros do endereço do contratante, ou do empreendimento, no caso de construtoras", conta Sid Porto, sócia da Disk Mídia. Lá, o pedido mínimo é composto por 5.000 embalagens, o que custa entre R$ 13 mil e R$ 15 mil. As pizzarias não pagam nada a mais por isso.

As opções de embalagens também são variadas, pois podem conter serrilhas para serem destacadas e dar direito a brindes ou vir com imãs de geladeira. "O retorno é extremamente forte. Fizemos pesquisa com quem recebe essas embalagens e descobrimos que 65% comprariam o produto ou utilizariam o serviço", conta. Ainda segundo esse levantamento, dos que recebem a caixa com cupom, 56% a destacam e, 72%, alegam lembrar do anúncio. "Houve um caso em que a construtora repetiu a ação porque identificou que 20% das pessoas que chegaram ao plantão de vendas foram por meio da embalagem."

Embora seja mais comum na Capital, em Diadema existe ação recente envolvendo a rede de academias Smart Fit. Outras distribuições já foram feitas na região.

SACO DE PÃO - Aproveitando a tendência de preservação do meio ambiente, a Pão Natureza resolveu apostar na publicidade em sacos de pão. O anúncio vem estampado dos dois lados do saquinho e em uma das laterais aparecem informações sobre sustentabilidade e na outra dados sobre o anunciante. "Embora essa ação seja muito recente no Brasil, o feed back tem sido muito bom", relata o proprietário Paulo Bassul.

O público-alvo, neste caso, são as padarias. No Grande ABC, até o momento, houve um estabelecimento contemplado, em Mauá. A panificadora recebeu saquinhos com o anúncio da Del Valle.

O investimento de R$ 12 mil dá direito a 30 mil sacos de pão e a publicidade pode ser compartilhada. Neste caso, cada módulo vale R$ 350. "Queremos atrair também negócios pequenos, de bairro, como salão de cabeleireiro."

Bassul quer disseminar a ideia por meio de franquias, a partir de R$ 11 mil, sem a necessidade de escritório, com faturamento estimado em R$ 13 mil e margem de lucro de 30% - para a Pão Natureza, que desenvolve a publicidade e produz os sacos, são destinados R$ 300 a cada pedido.

Na avaliação de Eugênio Foganholo, diretor geral da Mixxer, consultoria em hábitos do consumo, embalagens recicláveis ou biodegradáveis sempre terão melhor retorno do cliente. "Alem disso, as pessoas dão mais recall para coisas inovadoras." Para ele, essas são formas suaves de publicidade, que não incomodam o consumidor e geram lembrança. "É muito mais invasivo, por exemplo, quem joga mala direta debaixo da porta da nossa casa. E muitas vezes o papel vai direto para o lixo."

 

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;