Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 12 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

'Sou filho de duas mulheres, muita sorte minha', diz filho de Cássia Eller

Reprodução Facebook  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


30/05/2018 | 12:39


Em depoimento ao programa "Prazer, Pabllo Vittar", do canal pago Multishow, o músico Chico Eller, filho da cantora Cássia Eller, comentou como foi crescer com duas mães. "Sou filho de duas mulheres, muita sorte minha", disse Chico, que foi criado pela mãe e pela companheira Maria Eugênia. "Não tive oportunidade de conhecer meu pai, minhas mães já eram casadas quando nasci", explicou.

Chico também lembrou dos questionamentos que ouvia na escola por ter duas mães e que isso nunca o prejudicou ou o fez questionar o ambiente em que vivia. "Eu lembro de uma ocasião, coisa de criança mesmo, alguém perguntando isso, ''''Como assim não tem pai?'''' ou ''''Suas mães se beijam?''''. E eu sempre falei que sim. Nunca foi algo que eu quis esconder ou que elas tivessem pé atrás", disse.

O cantor acredita que o Brasil ainda está muito atrasado em questões de direitos de pessoas LGBT e que o caso da família dele foi atípico pela fama da sua mãe. "Eu imagino que deva ser mais difícil para quem não tem entrada na mídia, de se colocar e ser aceito. E tanto, que minha mãe conseguiu minha guarda, por exemplo, e creio que isso não seja recorrente", pontuou Chico.

"A gente ainda é muito atrasado em via institucional. Esse tipo de direito poderia ter avançado muito mais, mas eu acho que enquanto indivíduos as pessoas estão conseguindo se colocar mais e ter o seu espaço", completou o cantor.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Sou filho de duas mulheres, muita sorte minha', diz filho de Cássia Eller


30/05/2018 | 12:39


Em depoimento ao programa "Prazer, Pabllo Vittar", do canal pago Multishow, o músico Chico Eller, filho da cantora Cássia Eller, comentou como foi crescer com duas mães. "Sou filho de duas mulheres, muita sorte minha", disse Chico, que foi criado pela mãe e pela companheira Maria Eugênia. "Não tive oportunidade de conhecer meu pai, minhas mães já eram casadas quando nasci", explicou.

Chico também lembrou dos questionamentos que ouvia na escola por ter duas mães e que isso nunca o prejudicou ou o fez questionar o ambiente em que vivia. "Eu lembro de uma ocasião, coisa de criança mesmo, alguém perguntando isso, ''''Como assim não tem pai?'''' ou ''''Suas mães se beijam?''''. E eu sempre falei que sim. Nunca foi algo que eu quis esconder ou que elas tivessem pé atrás", disse.

O cantor acredita que o Brasil ainda está muito atrasado em questões de direitos de pessoas LGBT e que o caso da família dele foi atípico pela fama da sua mãe. "Eu imagino que deva ser mais difícil para quem não tem entrada na mídia, de se colocar e ser aceito. E tanto, que minha mãe conseguiu minha guarda, por exemplo, e creio que isso não seja recorrente", pontuou Chico.

"A gente ainda é muito atrasado em via institucional. Esse tipo de direito poderia ter avançado muito mais, mas eu acho que enquanto indivíduos as pessoas estão conseguindo se colocar mais e ter o seu espaço", completou o cantor.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;