Fechar
Publicidade

Domingo, 1 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

social@dgabc.com.br | 4435-8302

Exemplo de força e vontade


Social do Diário

23/03/2014 | 07:00


Autoestima, equilíbrio, coordenação e concentração. Esses são apenas alguns dos atributos a serem acrescentados nas aulas gratuitas de caratê adaptado, de segunda e quarta-feira, para pessoas com deficiências física e intelectual leve na academia Bio Ritmo, em São Bernardo. Trata-se do projeto Superando seus Limites, que conta com cerca de 40 integrantes atualmente. “O maior paradoxo é que os alunos procuram a perfeição do corpo, chegam na academia e encontram esse cenário. Passam a ver a vida de uma outra maneira e acabam vibrando com a vitória dessas pessoas. Acredito que a inclusão social é obrigação de qualquer empresa”, afirma a proprietária do espaço, Naura De Nadai.

A iniciativa começou em 2011, quando Naura levou a sogra Elza De Nadai – aliás, madrinha e visitante da iniciativa periodicamente –, para sessões de fisioterapia com Rosana Tiyomi Yuasa Evangelista. “Quando tinha meus pacientes na Casa da Esperança, sentia a necessidade de complementar o tratamento com uma atividade física”, diz Rosana, fisioterapeuta e faixa-preta na arte marcial. Ela divide o cargo de professora com o marido, Fabiano.

A atividade começou na unidade de Santo André, pela qual Naura assumia o comando, mas migrou para o Shopping Metrópole, onde está instalada. Todos os custos, desde o quimono às aulas, são gratuitos. Os casos são avaliados para que realizem as atividades dentro do possível. É necessário ter o atestado médico liberando à prática e não há restrição de idade, inclusive até as mães dos alunos aderiram à ideia . “Apesar da deficiências física, não faço diferença no ensino da técnica. Outro fator que não abro mão é a disciplina”, completa Rosana.

Aos interessados em participar do programa é só entrarem em contato pelo yuasae@ig.com.br ou comparecer no local. 

Boa ação

O Projeto Jeda de Santo André completa 30 anos de existência. Para brindar a data, hoje, a partir das 12h, será realizado almoço mineiro na associação da terceira idade Força Viva. As 450 pessoas esperadas contarão com sorteio de televisão de 32 polegadas, entre outros itens. A ONG trabalha com 250 crianças de 6 a 17 anos de idade e desempenha trabalhos socioeducativos, como oficinas, teatro, informática, dança e artes plásticas. Os interessados podem comprar a entrada no próprio local, no valor de R$ 50.

Estilos

Hoje, a partir das 11h, será realizado no Clube Atlético Aramaçan, em Santo André, o festival de origem argentina Dançando com Arte. Dois finalistas serão escolhidos para representar o País em quatro competições em Buenos Aires. “Sinto que é importante as pessoas consumirem este tipo de apresentação”, comenta a andreense e também organizadora da ação, Aisha Latifah. A entrada é gratuita.

Primavera

O empresário andreense do ramo da construção João Carolino Ramos está empenhado em projeto especial. Trata-se da festa de aniversário de 15 anos da filha Giulia, que será realizada no bufê Parmenion, na sexta-feira, com o tema Circo. Atividades circenses, que incluem malabares, mágicas e artistas com pernas de pau fazem parte do roteiro da noite para cerca de 300 convidados. “Eu acompanho passo a passo da montagem. Já fiz a celebração das minhas outras duas filhas e sempre estive presente. Desde o cardápio aos mínimos pontos”, afirma Ramos, ao contar cada detalhe do dia, incluindo informações sobre o vestido da adolescente. “Ela trocará três vezes de vestidos. Um compramos nos Estados Unidos, o outro na Espanha e também alugamos uma peça aqui”, enfatiza. Como manda a tradição, o pai dançará a valsa com a aniversariante. Familiares do Exterior aterrissarão para prestigiar o momento de celebração. 

Inauguração

O Hirota Supermercados, em São Caetano, teve dia de inauguração agitado e repleto de atrações. Os 10 mil clientes que passaram pelo novo estabelecimento da Rua Amazonas foram surpreendidos com café da manhã recheado de produtos dos principais fornecedores da rede alimentícia. Entre as guloseimas, pipoca, algodão-doce e um bolo de 50 quilos foram distribuídos para os primeiros consumidores. “Nossa meta é fidelizar o público regional. Esperamos que eles sintam confiança em comprar produtos que antes eram adquiridos fora do mercado, como peixes e carnes”, afirma o gerente de marketing, Daniel Heilbut.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;