Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 2 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Renan encaminha representações contra 'sanguessugas' ao Conselho


Do Diário OnLine

24/08/2006 | 11:35


O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), encaminhou ao Conselho de Ética, na manhã desta quinta-feira, representações contra os senadores Ney Suassuna (PMDB-PB), Magno Malta (PL-ES) e Serys Slhessarenko (PT-MT), acusados pela CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) dos Sanguessugas de envolvimento com a chamada ‘máfia das ambulâncias’ – esquema de compra superfaturada de ambulâncias com dinheiro público. Agora, caberá ao Conselho dar continuidade aos processos contra os três parlamentares.

De acordo com informações da Agência Senado, Cláudia Lyra, secretária-geral adjunta da Mesa Diretora do Senado, levou os processo para serem protocolados no Conselho, ao mesmo tempo em que foi divulgado o seguinte esclarecimento: “Por determinação do senador Renan Calheiros, presidente do Senado Federal, foi protocolada hoje (24), às 9h30, no Conselho de Ética da Casa, representação aprovada pela Mesa Diretora referente às denúncias no caso da venda de ambulâncias.”

A decisão de Calheiros é resultado de uma pressão exercida por alguns senadores que criticaram duramente o fato de ele ter encaminhado à Mesa Diretora do Senado um pedido de investigação e não instauração de processo, o que daria aproximadamente um mês para os parlamentares acusados traçarem suas estratégias de defesa ou até mesmo renunciarem para evitar a cassação.

Agora, o Conselho terá que procurar um relator para o processo contra o senador Magno Malta, já que Siba Machado (PT-AC), que havia sido escolhido para o trabalho, não aceitou a incumbência pelo fato de uma co-partidária - Serys Slhessarenko – ser alvo de uma das investigações. Existe a possibilidade de Jefferson Péres (PDT-AM) ou Demóstenes Torres (PFL-GO), relatores das ações contra Suassuna e Slhessarenko, relatem o caso do parlamentar do Espírito Santo. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;