Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Empresa de autopeças de SP demite 250 metalúrgicos



02/09/2005 | 00:21


A Italspeed, fabricante de rodas de alumínio, vai demitir metade do quadro de funcionários. Dos 500 trabalhadores da fábrica instalada no bairro de Santo Amaro, na capital paulista, 250 receberam quarta-feira comunicados de aviso prévio, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo. O presidente do sindicato, Eleno José Bezerra, disse que a entidade vai entrar neste sábado com ação no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) pedindo a suspensão dos cortes.

"Trata-se demissão coletiva motivada", disse. "Nem no governo Collor, quando houve confisco, eu vi uma empresa demitir metade dos seus funcionários." Quinta-feira, orientados pelo sindicato, os trabalhadores entraram em greve e esperam para sexta-feira uma negociação com a direção do grupo. Procurada, a empresa se recusou a dar informações por telefone.

No fim de 2004, a Italspeed anunciou a construção de uma nova fábrica em Quatis (RJ), que entraria em operação em julho. Na época, o diretor de Vendas, Sérgio Benedetto, afirmou que a fábrica de São Paulo operava com a capacidade de 100 mil peças ao mês esgotada. A nova unidade receberia investimentos de US$ 35 milhões.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Empresa de autopeças de SP demite 250 metalúrgicos


02/09/2005 | 00:21


A Italspeed, fabricante de rodas de alumínio, vai demitir metade do quadro de funcionários. Dos 500 trabalhadores da fábrica instalada no bairro de Santo Amaro, na capital paulista, 250 receberam quarta-feira comunicados de aviso prévio, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo. O presidente do sindicato, Eleno José Bezerra, disse que a entidade vai entrar neste sábado com ação no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) pedindo a suspensão dos cortes.

"Trata-se demissão coletiva motivada", disse. "Nem no governo Collor, quando houve confisco, eu vi uma empresa demitir metade dos seus funcionários." Quinta-feira, orientados pelo sindicato, os trabalhadores entraram em greve e esperam para sexta-feira uma negociação com a direção do grupo. Procurada, a empresa se recusou a dar informações por telefone.

No fim de 2004, a Italspeed anunciou a construção de uma nova fábrica em Quatis (RJ), que entraria em operação em julho. Na época, o diretor de Vendas, Sérgio Benedetto, afirmou que a fábrica de São Paulo operava com a capacidade de 100 mil peças ao mês esgotada. A nova unidade receberia investimentos de US$ 35 milhões.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;