Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Clientes de banco da Senador Flaquer, em Santo André, reclamam da demora no atendimento

Arquivo Pessoal Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Marcela Ibelli
Do Diário do Grande ABC

05/03/2021 | 15:13


Os clientes da agência da Rua Senador Flaquer, em Santo André, do Banco Mercantil do Brasil enfrentaram mais uma manhã de filas nesta sexta-feira (5). Beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) buscavam pelos recebimentos de aposentadorias, pensões e auxílios. O Diário mostrou situação parecida no dia 12 de janeiro (leia aqui).

Vanira Girotto, 53 anos, ficou assustada com o que viu. A fila, segundo ela, estava quase dobrando a rua. “Todos estavam reclamando muito da demora e comentaram que essa situação acontece sempre, e acontece mesmo. Todo mês quando precisamos receber os auxílios. Hoje demorei mais de uma hora e meia só para chegar na boca do caixa”, comenta.

A cliente reparou também que ninguém do banco estava instruindo sobre a distância entre as pessoas. “Ainda bem que não choveu, porque todo mundo ficou em pé esperando por muito tempo, sem proteção.” Para ela, ficaria melhor se o banco disponibilizasse mais funcionários para ajudar, especialmente, as pessoas mais velhas a mexerem nas máquinas. “Além de tudo, tem os fura-filas. Na pandemia a situação fica ainda mais difícil.” 

Em nota, o Banco Mercantil repetiu a justifica dada na reportagem de janeiro. Confira:

"O banco informa que investe constantemente na qualidade do atendimento, mas esclarece que eventualmente podem ocorrer picos de movimento – principalmente em dias de pagamento de benefícios – que podem alterar o padrão de qualidade. Além disso, em virtude da pandemia da Covid-19, tem sido necessário seguir o protocolo de distanciamento entre os clientes, conforme exigido pela OMS (Organização Mundial da Saúde), o que gera filas visualmente mais longas. Para evitar esses inconvenientes, o banco orienta que os beneficiários consultem o dia específico do pagamento por meio do site www.mercantildobrasil.com.br, no recibo de saque ou no calendário afixado nas agências. Mais informações:4004-1044."

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Clientes de banco da Senador Flaquer, em Santo André, reclamam da demora no atendimento

Marcela Ibelli
Do Diário do Grande ABC

05/03/2021 | 15:13


Os clientes da agência da Rua Senador Flaquer, em Santo André, do Banco Mercantil do Brasil enfrentaram mais uma manhã de filas nesta sexta-feira (5). Beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) buscavam pelos recebimentos de aposentadorias, pensões e auxílios. O Diário mostrou situação parecida no dia 12 de janeiro (leia aqui).

Vanira Girotto, 53 anos, ficou assustada com o que viu. A fila, segundo ela, estava quase dobrando a rua. “Todos estavam reclamando muito da demora e comentaram que essa situação acontece sempre, e acontece mesmo. Todo mês quando precisamos receber os auxílios. Hoje demorei mais de uma hora e meia só para chegar na boca do caixa”, comenta.

A cliente reparou também que ninguém do banco estava instruindo sobre a distância entre as pessoas. “Ainda bem que não choveu, porque todo mundo ficou em pé esperando por muito tempo, sem proteção.” Para ela, ficaria melhor se o banco disponibilizasse mais funcionários para ajudar, especialmente, as pessoas mais velhas a mexerem nas máquinas. “Além de tudo, tem os fura-filas. Na pandemia a situação fica ainda mais difícil.” 

Em nota, o Banco Mercantil repetiu a justifica dada na reportagem de janeiro. Confira:

"O banco informa que investe constantemente na qualidade do atendimento, mas esclarece que eventualmente podem ocorrer picos de movimento – principalmente em dias de pagamento de benefícios – que podem alterar o padrão de qualidade. Além disso, em virtude da pandemia da Covid-19, tem sido necessário seguir o protocolo de distanciamento entre os clientes, conforme exigido pela OMS (Organização Mundial da Saúde), o que gera filas visualmente mais longas. Para evitar esses inconvenientes, o banco orienta que os beneficiários consultem o dia específico do pagamento por meio do site www.mercantildobrasil.com.br, no recibo de saque ou no calendário afixado nas agências. Mais informações:4004-1044."

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;