Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Vinho rega Visconde de Mauá


Da AJB

19/08/2004 | 14:39


O vinho caiu nas graças do brasileiro e o turismo pega carona na onda enófila. Pelo segundo ano, a região de Visconde de Mauá, na serra fluminense, realiza o Bebavinho, celebração da bebida que nesta edição chega ampliada, entre os dias 27 e 29 deste mês. A novidade desta temporada é a Feira do Vinho, que acontece no Shopping Aldeia dos Imigrantes, na vila de Visconde de Mauá. Além do encontro de apreciadores e especialistas no assunto, o festival une enologia a gastronomia, promovendo almoços e jantares harmonizados. No programa, palestras e degustações comandadas por alguns dos enófilos mais importantes do país. Gente como Célio Alzer, Homero Sodré, Ricardo Farias, Jorge Lucki e Paulo Nicolay.

“No ano passado, como era a primeira vez, foi um desafio. Esse ano tivemos muitas adesões. Participam os principais importadores e produtores do país. Com isso, trouxemos também mais e melhores palestrantes e consultores”, aponta Paulo Nicolay, que vai harmonizar um almoço e um jantar.

Os melhores restaurantes da cidade aderiram ao Bebavinho. Almoços e jantares harmonizados serão preparados por chefs de relevo, como Mônica Rangel, dos restaurantes Gosto com Gosto e Zucchini; Paulo Pinho, do Sagrada Família – que comanda as panelas do restaurante da Pousada Terras Altas –; e Júlio Buschinelli, responsável pela seleção de pratos do ótimo Rosmarino, entre outros. Como na primeira edição, vários pratos e uma sobremesa serão servidos nas refeições, cada um harmonizado individualmente.

Os participantes podem optar entre vários pacotes que incluem o coquetel de apresentação, o acesso à feira e uma ou mais palestras e degustações, de acordo com o interesse. Os preços variam entre R$ 160 e R$ 430. As refeições harmonizadas (entre R$ 100 e R$ 200, dependendo dos vinhos e dos pratos), serão cobradas à parte.

“Outra novidade deste ano é a participação maciça das pousadas. Quase todas vão dar aos hóspedes um tíquete que dará direito ao ingresso na feira e uma taça. Com ela, será possível fazer algumas degustações”, conta Paulo Gomes, um dos organizadores do evento e dono da pousada Terras Altas, que conta com uma rica e aconchegante adega – uma das mais variadas da região, com 240 rótulos de vários países.

Miolo, Salton e Casa Valduga estão entre os produtores participantes. No time de importadoras, atuam as principais do país: Expand, Impexco, Reloco, Grand Cru e Terra Mater. “A TurisRio, que nos apóia, vai incluir o Bebavinho no calendário oficial do turismo no Rio de Janeiro a partir do próximo ano. Vamos crescer ainda mais”, anima-se Gomes.

O número de participantes é restrito. Os que quiserem subir a serra para se dedicar às degustações já podem se inscrever. O Festival Bebavinho acontece nos dias 27, 28 e 29 de agosto no Shopping Aldeia dos Imigrantes e em vários restaurantes. Os preços para palestras, participação na feira e coquetel de apresentação ficam entre R$ 160 e R$ 430, dependendo das palestras escolhidas. Refeições harmonizadas são cobradas à parte. As inscrições podem ser feitas através da MauaTur (0xx24 3387-1283) e da Associação Brasileira de Sommeliers (0xx21 2285-0497).

Outras informações também podem ser obtidas pelo site www.viscondedemaua.org.br. A página traz a programação completa, com preços e horários das palestras e refeições harmonizadas, além de conter informações turísticas sobre a cidade, como restaurantes, passeios e opções de pousadas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;