Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Ibovespa fecha em alta de 0,37%, aos 112.291,59 pontos

Hugo Arce/Fotos Públicas Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


03/12/2020 | 18:49


O Ibovespa conseguiu andar, mas ainda não se firmar, na casa dos 113 mil pontos no terceiro dia consecutivo de valorização. Quase no fim da sessão, a notícia de que a farmacêutica Pfizer pretende reduzir pela metade os envios de doses da vacina em relação ao que tinha inicialmente planejado por problemas em suprimentos, fez o índice Bovespa desacelerar o ritmo para fechar aos 112.291,59 pontos e alta de 0,37%. O giro financeiro foi de R$ 39,6 bilhões.

Durante toda a sessão foi o otimismo externo, que segue pautado pela expectativa de mais injeção de liquidez, e mantém os principais índices do mercado acionário americano nas máximas históricas, que deu novamente a tônica para o desempenho do índice brasileiro. E, ainda sob sinais vindos do exterior, a decisão da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) de diminuir os cortes na produção da commodity, mas ainda com redução da oferta, elevou os preços dos contratos futuros do produto e impulsionou as ações da Petrobras. O resultado do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, aquém do projetado, resfriou, de certa maneira, o ânimos dos investidores.

Na avaliação de Étore Sanchez, economista-chefe da Ativa Investimentos, o PIB frustrou as expectativas ao avançar 7,7%. Ele previa uma alta de 8,9% enquanto o mercado tinha 8,8%. "Hoje a Bolsa sobe por algo setorial, pois houve surpresas positivas e específicas dentro do PIB", diz. "Mas o PIB em si reduziu marginalmente o otimismo de recuperação que o mercado já tinha colocado na conta", afirma, ressaltando que uma surpresa altista do produto poderia chancelar as boas expectativas e ter feito o Ibovespa andar mais.

Após dias de negociação, a Opep+ firmou um acordo que abriu caminho para uma flexibilização gradual dos cortes de produção nos próximos meses. Fez um pequeno aumento de 500.000 barris por dia em janeiro. Dessa forma, a redução na oferta cairá de 7,7 milhões de bpd para 7,2 milhões.

O petróleo WTI para janeiro fechou em alta de 0,80% e o Brent para fevereiro avançou 0,95%. Isso impulsionou as ações preferenciais e ordinárias da Petrobras que encerraram o pregão em alta de 2,82% e de 2,03%, respectivamente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ibovespa fecha em alta de 0,37%, aos 112.291,59 pontos


03/12/2020 | 18:49


O Ibovespa conseguiu andar, mas ainda não se firmar, na casa dos 113 mil pontos no terceiro dia consecutivo de valorização. Quase no fim da sessão, a notícia de que a farmacêutica Pfizer pretende reduzir pela metade os envios de doses da vacina em relação ao que tinha inicialmente planejado por problemas em suprimentos, fez o índice Bovespa desacelerar o ritmo para fechar aos 112.291,59 pontos e alta de 0,37%. O giro financeiro foi de R$ 39,6 bilhões.

Durante toda a sessão foi o otimismo externo, que segue pautado pela expectativa de mais injeção de liquidez, e mantém os principais índices do mercado acionário americano nas máximas históricas, que deu novamente a tônica para o desempenho do índice brasileiro. E, ainda sob sinais vindos do exterior, a decisão da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) de diminuir os cortes na produção da commodity, mas ainda com redução da oferta, elevou os preços dos contratos futuros do produto e impulsionou as ações da Petrobras. O resultado do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, aquém do projetado, resfriou, de certa maneira, o ânimos dos investidores.

Na avaliação de Étore Sanchez, economista-chefe da Ativa Investimentos, o PIB frustrou as expectativas ao avançar 7,7%. Ele previa uma alta de 8,9% enquanto o mercado tinha 8,8%. "Hoje a Bolsa sobe por algo setorial, pois houve surpresas positivas e específicas dentro do PIB", diz. "Mas o PIB em si reduziu marginalmente o otimismo de recuperação que o mercado já tinha colocado na conta", afirma, ressaltando que uma surpresa altista do produto poderia chancelar as boas expectativas e ter feito o Ibovespa andar mais.

Após dias de negociação, a Opep+ firmou um acordo que abriu caminho para uma flexibilização gradual dos cortes de produção nos próximos meses. Fez um pequeno aumento de 500.000 barris por dia em janeiro. Dessa forma, a redução na oferta cairá de 7,7 milhões de bpd para 7,2 milhões.

O petróleo WTI para janeiro fechou em alta de 0,80% e o Brent para fevereiro avançou 0,95%. Isso impulsionou as ações preferenciais e ordinárias da Petrobras que encerraram o pregão em alta de 2,82% e de 2,03%, respectivamente.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;