Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Moradores fazem novo protesto contra pedágio na Castelo


Do Diário OnLine

26/05/2001 | 15:28


Moradores da região de Alphaville e de cidades da Grande São Paulo que utilizam a rodovia Castelo Branco fizeram na manhã deste sábado uma manifestação em Alphaville, na Alameda Xingú, paralela à rodovida.

O movimento, chamado de Acesso Livre, protesta contra o preço do pedágio da nova pista marginal da rodovia. A tarifa, de R$ 3,50, começou a ser cobrada na última terça-feira. Os moradores consideram a taxa abusiva.

Os manifestante também reclamam que a concessionária Viaoeste, que administra a rodovia, fechou alguns acessos às cidades. Os motoristas que não desejam pagar o pedágio têm apenas o trevo de Barueri como opção.

O Ministério Público já manifestou junto à Justiça, na 12ª Vara da Fazenda Pública em São Paulo, sobre o preço cobrado pela concessionária. O MP considera que R$ 0,60 é suficiente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Moradores fazem novo protesto contra pedágio na Castelo

Do Diário OnLine

26/05/2001 | 15:28


Moradores da região de Alphaville e de cidades da Grande São Paulo que utilizam a rodovia Castelo Branco fizeram na manhã deste sábado uma manifestação em Alphaville, na Alameda Xingú, paralela à rodovida.

O movimento, chamado de Acesso Livre, protesta contra o preço do pedágio da nova pista marginal da rodovia. A tarifa, de R$ 3,50, começou a ser cobrada na última terça-feira. Os moradores consideram a taxa abusiva.

Os manifestante também reclamam que a concessionária Viaoeste, que administra a rodovia, fechou alguns acessos às cidades. Os motoristas que não desejam pagar o pedágio têm apenas o trevo de Barueri como opção.

O Ministério Público já manifestou junto à Justiça, na 12ª Vara da Fazenda Pública em São Paulo, sobre o preço cobrado pela concessionária. O MP considera que R$ 0,60 é suficiente.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;