Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

'Radiação em Tóquio está acima do normal', diz governo



15/03/2011 | 01:50


Um nível de radioatividade acima do normal foi detectado em Tóquio na manhã desta terça-feira, no horário local, anunciou o governo metropolitano de Tóquio. Segundo ele, o nível de radiação alcançou 0,809 micro sieverts na capital por volta das 10h, no horário local, (22h de segunda-feira em Brasília), nível aproximadamente 23 vezes maior do que o normal, porém, a quantidade ainda não é suficiente para prejudicar a saúde humana.

O nível mais alto da radiação foi detectado depois de uma explosão ocorrida às 18h14, no horário local (9h de segunda-feira no Brasil), no edifício onde está o reator 2 da usina nuclear de Daiichi, em Fukushima, localizada a 250 quilômetros ao nordeste de Tóquio. Por conta das informações sobre o nível radioativo em Tóquio, a China cancelou voos de Pequim e Xangai que tinham como destino a capital japonesa. O ministério dos Transportes do Japão implementou uma zona de exclusão aérea de 30 quilômetros sobre a usina nuclear de Daiichi, em Fukushima. As informações são da Dow Jones.

Tóquio



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Radiação em Tóquio está acima do normal', diz governo


15/03/2011 | 01:50


Um nível de radioatividade acima do normal foi detectado em Tóquio na manhã desta terça-feira, no horário local, anunciou o governo metropolitano de Tóquio. Segundo ele, o nível de radiação alcançou 0,809 micro sieverts na capital por volta das 10h, no horário local, (22h de segunda-feira em Brasília), nível aproximadamente 23 vezes maior do que o normal, porém, a quantidade ainda não é suficiente para prejudicar a saúde humana.

O nível mais alto da radiação foi detectado depois de uma explosão ocorrida às 18h14, no horário local (9h de segunda-feira no Brasil), no edifício onde está o reator 2 da usina nuclear de Daiichi, em Fukushima, localizada a 250 quilômetros ao nordeste de Tóquio. Por conta das informações sobre o nível radioativo em Tóquio, a China cancelou voos de Pequim e Xangai que tinham como destino a capital japonesa. O ministério dos Transportes do Japão implementou uma zona de exclusão aérea de 30 quilômetros sobre a usina nuclear de Daiichi, em Fukushima. As informações são da Dow Jones.

Tóquio

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;