Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Julio Cesar admite atuação ruim, mas valoriza vitória



14/07/2011 | 00:31


Depois de falhar feio no primeiro gol e não conseguir evitar o segundo, o goleiro Julio Cesar admitiu que teve uma atuação "muito ruim" nesta quarta-feira. Apesar disso, ele valorizou a atuação coletiva da seleção brasileira, que conseguiu vencer o Equador por 4 a 2, em Córdoba, na Argentina, e garantiu a vaga nas quartas de final da Copa América.

"Individualmente, a minha atuação foi muito ruim. Foi abaixo da minha média", afirmou Julio Cesar. "Mas, além da minha atuação individual, tenho que ressaltar a atuação da seleção brasileira. Foi um jogo muito bom, uma classificação que a gente estava querendo muito. Pudemos mostrar superação, maturidade", completou o goleiro.

Apesar da fraca atuação diante do Equador, ele afirmou que não se abala para a sequência da Copa América. "Isso não me desanima. Quem joga no gol, sabe que é uma posição ingrata. E isso só serve para eu treinar mais e trabalhar mais", explicou Julio Cesar, que vem sendo titular absoluto da seleção brasileira nos últimos cinco anos.

Ele também lembrou que "ninguém tem cadeira cativa" na seleção e que os outros dois goleiros do grupo (Victor e Jefferson) têm condições de serem titulares, mas ressaltou que não espera perder sua vaga para o jogo com o Paraguai no domingo. "Você não pode avaliar um jogador por uma falha ou outra, e sim por uma série de partidas", disse Julio Cesar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Julio Cesar admite atuação ruim, mas valoriza vitória


14/07/2011 | 00:31


Depois de falhar feio no primeiro gol e não conseguir evitar o segundo, o goleiro Julio Cesar admitiu que teve uma atuação "muito ruim" nesta quarta-feira. Apesar disso, ele valorizou a atuação coletiva da seleção brasileira, que conseguiu vencer o Equador por 4 a 2, em Córdoba, na Argentina, e garantiu a vaga nas quartas de final da Copa América.

"Individualmente, a minha atuação foi muito ruim. Foi abaixo da minha média", afirmou Julio Cesar. "Mas, além da minha atuação individual, tenho que ressaltar a atuação da seleção brasileira. Foi um jogo muito bom, uma classificação que a gente estava querendo muito. Pudemos mostrar superação, maturidade", completou o goleiro.

Apesar da fraca atuação diante do Equador, ele afirmou que não se abala para a sequência da Copa América. "Isso não me desanima. Quem joga no gol, sabe que é uma posição ingrata. E isso só serve para eu treinar mais e trabalhar mais", explicou Julio Cesar, que vem sendo titular absoluto da seleção brasileira nos últimos cinco anos.

Ele também lembrou que "ninguém tem cadeira cativa" na seleção e que os outros dois goleiros do grupo (Victor e Jefferson) têm condições de serem titulares, mas ressaltou que não espera perder sua vaga para o jogo com o Paraguai no domingo. "Você não pode avaliar um jogador por uma falha ou outra, e sim por uma série de partidas", disse Julio Cesar.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;