Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Onde o sol sempre brilha

Divulgação/ATA Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Graciosa ilha do Caribe também tem comida boa, baladas agitadas e muita história para contar


Marcela Munhoz

29/01/2015 | 07:00


A primeira dica de quem já teve a chance de conhecer Aruba é deixar o sistema all- inclusive (comida e bebidas inclusas) para quando visitar Punta Cana (República Dominicana) ou outro destino mais ‘ilhado’. É que as opções de restaurantes são tantas por lá que dá até dó não conhecer. Na Irausquin Boulevard, principal avenida de Palm Beach e onde ficam os resorts, tem culinária de todos os lugares do mundo. Os pratos não são tão baratos, mas a comida é deliciosa.

De dia, vale a pena também colocar o velho costume do brasileiro em prática e encher o isopor com cervejas locais, como a Balashi. Os serviços de cadeira, guarda-sol e toalhas estão inclusos nas praias que ficam em frente ao hotel que está hospedado, mas os preços dos comes e bebes não são nada convidativos. Reserve dinheiro, porém, para, ao menos, um jantar na areja.

Além das praias, não deixe de fazer passeio de catamarã para mergulhar ou visite o submarino Atlantis. Alugue um veículo com tração e faça trajeto que passa pelo Farol Califórnia, pela capela de Alto Vista e pela caverna de Guadirikiri. Reserve uma manhã, ao menos, para ir à Oranjestad, a capital de Aruba, com variadas lojas que fecham às 18h. Uma volta pelos fascinantes Parque Nacional de Arikok, Fazenda das Borboletas e Santuário de Burros é a certeza de agradar, especialmente, as crianças.

A pulsante vida noturna desta ilha do Caribe também é imperdível. A maioria das casas noturnas fica em Palm Beach. Os arubianos também gostam de comemorar datas. Agora no Carnaval, por exemplo, a programação é extensa. Em outubro, todo mundo sai fantasiado para pedir ‘doces ou travessuras’, ou seria, ‘ licor Coecoei e bolita di tamarijn (típico doce de tamarindo)’?



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Onde o sol sempre brilha

Graciosa ilha do Caribe também tem comida boa, baladas agitadas e muita história para contar

Marcela Munhoz

29/01/2015 | 07:00


A primeira dica de quem já teve a chance de conhecer Aruba é deixar o sistema all- inclusive (comida e bebidas inclusas) para quando visitar Punta Cana (República Dominicana) ou outro destino mais ‘ilhado’. É que as opções de restaurantes são tantas por lá que dá até dó não conhecer. Na Irausquin Boulevard, principal avenida de Palm Beach e onde ficam os resorts, tem culinária de todos os lugares do mundo. Os pratos não são tão baratos, mas a comida é deliciosa.

De dia, vale a pena também colocar o velho costume do brasileiro em prática e encher o isopor com cervejas locais, como a Balashi. Os serviços de cadeira, guarda-sol e toalhas estão inclusos nas praias que ficam em frente ao hotel que está hospedado, mas os preços dos comes e bebes não são nada convidativos. Reserve dinheiro, porém, para, ao menos, um jantar na areja.

Além das praias, não deixe de fazer passeio de catamarã para mergulhar ou visite o submarino Atlantis. Alugue um veículo com tração e faça trajeto que passa pelo Farol Califórnia, pela capela de Alto Vista e pela caverna de Guadirikiri. Reserve uma manhã, ao menos, para ir à Oranjestad, a capital de Aruba, com variadas lojas que fecham às 18h. Uma volta pelos fascinantes Parque Nacional de Arikok, Fazenda das Borboletas e Santuário de Burros é a certeza de agradar, especialmente, as crianças.

A pulsante vida noturna desta ilha do Caribe também é imperdível. A maioria das casas noturnas fica em Palm Beach. Os arubianos também gostam de comemorar datas. Agora no Carnaval, por exemplo, a programação é extensa. Em outubro, todo mundo sai fantasiado para pedir ‘doces ou travessuras’, ou seria, ‘ licor Coecoei e bolita di tamarijn (típico doce de tamarindo)’?

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;