Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Mulher faz exame de DNA para saber se feto é seu


Evandro De Marco

01/12/2010 | 01:37


A balconista Luciana da Silva, 25 anos, esteve ontem à tarde no IML(Instituto Médico-Legal), onde forneceu sangue para exame de DNA que vai indicar se o feto encontrado no lixo hospitalar é sua filha. "Disseram que o resultado não deve demorar", diz a balconista.

Luciana se internou no Hospital Doutor Radamés Nardini, em Mauá, na noite de quinta-feira para retirada da menina, que morreu aos sete meses de gestação. O parto foi induzido e, segundo a balconista, a criança realmente estava morta. No dia seguinte, Luciana e o marido Rafael da Silva, 23, receberam a notícia de que o feto havia desaparecido.

À noite, um natimorto foi localizado na empresa que incinera o lixo hospitalar, mas a balconista não o reconheceu. "Continuo achando que não é a minha filha, mas, se for, vou ficar feliz porque poderei fazer o enterro", afirma Luciana.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;