Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Formalização no trabalho é tema de encontro regional


Do Diário do Grande ABC

16/04/2010 | 07:00


Em Santo André, em particular, e no Grande ABC, em geral, a perda industrial dos últimos anos recomenda atenção especial à formalização das micro e pequenas empresas e à qualificação e inserção profissional dos trabalhadores que deixaram de ser empregados para trabalhar por conta própria ou foram obrigados a buscar novas oportunidades de recolocação.

Esta é uma das principais conclusões da Oficina Municipal da Agenda Regional sobre Trabalho Decente, realizada ontem no CPETR (Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda) da Prefeitura de Santo André.

A oficina é preparatória para a Conferência Regional, programada para os dias 13 e 14 de maio, em São Bernardo, cujo objetivo é formatar a chamada Agenda Regional de Trabalho Decente.

O secretário adjunto do Desenvolvimento Econômico de Santo André, Charles Couto de Camargo, lembrou que os altos custos incidentes sobre a folha de pagamento no Brasil são o principal empecilho para maior formalização da força de trabalho.

Calcula-se que, de cada R$ 1 embolsado pelo trabalhador formalizado brasileiro, outro real é faturado pelo governo a título de impostos e contribuições, em um contexto em que a carteira de trabalho assinada emerge como uma das principais características do que se convencionou chamar de trabalho decente.

O diretor do departamento de geração de emprego, trabalho, qualificação e renda, Hernán Vilar, focalizou a qualificação em um mundo que muda rapidamente, na dinâmica das novas tecnologias de informação. "Precisamos enfrentar o desafio de formar profissionais de uma geração totalmente diferente da nossa, em que muito do que aprendemos no passado deixou de ser válido", observou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;