Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Ipem fiscaliza ovos de Páscoa com brinquedos


Do Diário do Grande ABC
Com AE

25/03/2010 | 07:00


O Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo) realizou ontem nova etapa da ‘Operação Páscoa' para fiscalizar ovos de chocolate que trazem brinquedos como brinde.

Na embalagem, o produto deve trazer um aviso de que o brinde tem certificação do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) e este, por sua vez, deve trazer o selo do instituto.

As equipes examinaram 86.578 produtos, dos quais 3.617 ovos de Páscoa foram interditados por terem na embalagem o selo do Inmetro, o que não é permitido, pois o item que deve ter a marca é o brinquedo. Na operação foram apreendidos 98 coelhos de pelúcia, por não ter trazerem o certificado.

Os fiscais visitaram estabelecimentos comerciais nas cidades de São Bernardo, São Paulo, Osasco, Itapira, Campinas, Ribeirão Preto, São José dos Campos, Dracena, Botucatu e Tatuí, para examinar os produtos.

Segundo o superintendente do Ipem-SP, Fabiano Marques de Paula, o selo do Inmetro encontrado nas embalagens podem confundir o consumidor. "O que tem certificação obrigatória e, por isso, deve conter o selo do Inmetro são os brindes que vêm no ovo."

No caso de irregularidades, o produto é retirado da loja e a empresa é notificada, tendo o prazo de 10 dias para apresentação de defesa ao departamento Jurídico do Ipem-SP, que definirá a multa a ser aplicada, variando de R$ 100 a R$ 50 mil, dobrando no caso de reincidência. Ainda não foi divulgado o balanço da operação.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ipem fiscaliza ovos de Páscoa com brinquedos

Do Diário do Grande ABC
Com AE

25/03/2010 | 07:00


O Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo) realizou ontem nova etapa da ‘Operação Páscoa' para fiscalizar ovos de chocolate que trazem brinquedos como brinde.

Na embalagem, o produto deve trazer um aviso de que o brinde tem certificação do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) e este, por sua vez, deve trazer o selo do instituto.

As equipes examinaram 86.578 produtos, dos quais 3.617 ovos de Páscoa foram interditados por terem na embalagem o selo do Inmetro, o que não é permitido, pois o item que deve ter a marca é o brinquedo. Na operação foram apreendidos 98 coelhos de pelúcia, por não ter trazerem o certificado.

Os fiscais visitaram estabelecimentos comerciais nas cidades de São Bernardo, São Paulo, Osasco, Itapira, Campinas, Ribeirão Preto, São José dos Campos, Dracena, Botucatu e Tatuí, para examinar os produtos.

Segundo o superintendente do Ipem-SP, Fabiano Marques de Paula, o selo do Inmetro encontrado nas embalagens podem confundir o consumidor. "O que tem certificação obrigatória e, por isso, deve conter o selo do Inmetro são os brindes que vêm no ovo."

No caso de irregularidades, o produto é retirado da loja e a empresa é notificada, tendo o prazo de 10 dias para apresentação de defesa ao departamento Jurídico do Ipem-SP, que definirá a multa a ser aplicada, variando de R$ 100 a R$ 50 mil, dobrando no caso de reincidência. Ainda não foi divulgado o balanço da operação.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;