Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Fundo comum deve ser criado entre o Brasil e a Argentina



10/03/2010 | 07:00


O Ceal (Conselho Empresarial da América Latina) vai discutir hoje, em Buenos Aires, a criação de um fundo comum da Argentina e Brasil. O objetivo, segundo o autor da proposta, o economista Roberto Teixeira da Costa, é identificar projetos comuns com o componente de inovação tecnológica que possam captar recursos internacionais para financiá-los.

"A característica básica seria semelhante a um private equity, onde o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) poderia ter participação de até 50% e o restante seria aportado pelos investidores institucionais", revelou Costa. Ele, que é consultor do Ceal e membro do conselho de administração do BNDESPar, explicou que o fundo a ser criado pode ter participação de fundos de pensão, fundos institucionais privados e cotistas estrangeiros como instituições públicas ou privadas.

A ideia, disse o executivo, já conta com o sinal verde do BNDESPar e do empresariado brasileiro representado no Ceal.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;