Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

'Bronca' no intervalo mexeu com Sto.André


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

08/03/2010 | 07:00


O Santo André viveu dois tempos distintos no duelo de domingo à noite, contra o Botafogo. Enquanto no primeiro sobrou ansiedade, esbarrando na impenetrável defesa adversária, no segundo o time demonstrou paciência e habilidade necessárias para conquistar os três pontos dentro de casa.

"O time começou tentando fazer o resultado rápido, mas a ansiedade atrapalhou", observou Nunes. "O Sérgio (Soares, técnico) deu uma chacoalhada no vestiário pela nossa desatenção no começo do jogo, falou das qualidades do Botafogo, mas nós sabíamos que também temos a nossa e mostramos isso", emendou Branquinho. O meia e o atacante dividiram uma cadeira durante a descontraída coletiva após a partida, na sala de imprensa do Brunão.

"A nossa união não é só dentro de campo, como também fora", destacou Nunes, autor do quarto gol. "Tem as brincadeiras, mas também a seriedade. E estamos mostrando isso", completou Branquinho, que fez o segundo tento andreense.

Ao confirmar a segunda colocação com 30 pontos, abrir seis pontos do terceiro colocado (São Paulo), e diminuir a desvantagem em relação ao Santos (apenas dois pontos atrás), o Ramalhão não se preocupa com a hipótese de ser cada vez mais visado pelos adversários. "Vão olhar de forma diferente para nós, porque se estamos nessa posição, alguma coisa nosso time tem. Temos um time rápido, que marca forte e não se intimida aos adversários, e mostrou isso mais uma vez", comentou o técnico Sérgio Soares.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Bronca' no intervalo mexeu com Sto.André

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

08/03/2010 | 07:00


O Santo André viveu dois tempos distintos no duelo de domingo à noite, contra o Botafogo. Enquanto no primeiro sobrou ansiedade, esbarrando na impenetrável defesa adversária, no segundo o time demonstrou paciência e habilidade necessárias para conquistar os três pontos dentro de casa.

"O time começou tentando fazer o resultado rápido, mas a ansiedade atrapalhou", observou Nunes. "O Sérgio (Soares, técnico) deu uma chacoalhada no vestiário pela nossa desatenção no começo do jogo, falou das qualidades do Botafogo, mas nós sabíamos que também temos a nossa e mostramos isso", emendou Branquinho. O meia e o atacante dividiram uma cadeira durante a descontraída coletiva após a partida, na sala de imprensa do Brunão.

"A nossa união não é só dentro de campo, como também fora", destacou Nunes, autor do quarto gol. "Tem as brincadeiras, mas também a seriedade. E estamos mostrando isso", completou Branquinho, que fez o segundo tento andreense.

Ao confirmar a segunda colocação com 30 pontos, abrir seis pontos do terceiro colocado (São Paulo), e diminuir a desvantagem em relação ao Santos (apenas dois pontos atrás), o Ramalhão não se preocupa com a hipótese de ser cada vez mais visado pelos adversários. "Vão olhar de forma diferente para nós, porque se estamos nessa posição, alguma coisa nosso time tem. Temos um time rápido, que marca forte e não se intimida aos adversários, e mostrou isso mais uma vez", comentou o técnico Sérgio Soares.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;